quinta-feira, 30 de abril de 2009

PARA GAY EM SOBRAL DIVIDE OPINIÕES

A Boulevard do Arco se prepara com balões coloridos para a I PARADA GAY DE SOBRAL que vai acontecer amanhã. O evento está dividindo a opinião dos moradores da cidade. Para alguns, livre manifestação; para outros, absurdo completo. Vamos aguardar e depois comentaremos a respeito. Antes porém, não obstante as escolhas de cada um, não se pode esquecer das garantias constitucionais que permitem a livre expressão, resguardando, entretanto, princípios outros de igual relevância.

DICAS DE EQUILÍBRIO: COISAS SIMPLES QUE FAZEM A DIFERENÇA

Para manter a mente e o corpo saudáveis e em equílibrio, segue abaixo algumas dicas:
1 - Tome água fresca o máximo que puder para tirar as toxinas do seu corpo e fazer com que seu cérebro funcione melhor.
2 - Alongue-se para tirar as toxinas dos seus músculos.
3 - Transpire uma vez ao dia para regenerar a pele.
4 - Vista suas melhores roupas para comemorar o ano que está chegando ao fim.
5 - Treine sua mente, controle-a.
6 - Lembre-se de que o estresse tem grande responsabilidade sobre as doenças.
7 - Não saia do seu foco
8 - Tente comprar somente a vista.
9 - Em hipótese alguma reclame.
10 - Faça orações todos os dias e dedique um tempo a ouvir o silêncio.
11 - Sorria pela manhã e evite ambientes desfávoraveis.
12 - Respire quando ficar ansioso, reflita e depois tome uma atitude.

Prudência em Aristóteles e a questão da sustentabilidade

Trago um texto para vocês da professora de Filosofia Luciene Félix sobre a prudência em Aristóteles. É muito interessante e nos serve de reflexão:

“A prudência é de longe a primeira condição de felicidade. Nunca se deve cometer impiedade contra os deuses. Os orgulhosos vêem suas grandes palavras pagas pelos grandes golpes da sorte, e é apenas com os anos que aprendem a prudência”. Antígona, Sófocles
Diz um provérbio erudito, que a sabedoria “reina”, mas “não governa”. Quem governa é a ação, a phronêsis platônica; a Prudência aristotélica, o agir deliberado, refletido.Prudência é a ação ponderada, discutida, examinada, enfim, deliberada. Sim, o Estagirita (Aristóteles é da cidade de Estagira) desenvolveu o conceito de phronêsis legado por Platão e concebeu uma importantíssima teoria geral da ação, uma hermenêutica da existência humana enquanto agente no mundo e sobre o mundo. A phronêsis/Prudência – recta ratio agibilium – é virtude opinativa da alma: “daí que a Prudentia seja considerada a mãe (genitrix virtutum) e a guia (auriga virtutum) das virtudes”, diz Jean Lauand (FE-USP): “a virtude que realiza as demais”.A ação prudente é cautelosa, sim. Mas, ao contrário do que pensa o senso comum, Prudência não é morosidade, aliás, não admite perda de tempo. É rápida e certeira pois, o kairós (o tempo, do grego, no sentido de agir bem, no momento certo) é inerente à virtude da Prudência. “Nem antes nem depois”, como Odisseu (Ulisses) orienta a seu filho Telêmaco, na Odisséia Homérica.Tendo examinado cuidadosa e cautelosamente a questão que se apresente, ao Prudente urge agir de imediato. Mas examina, delibera. Alertando para a importância do kairós adequado à ação justa, o Pensador francês Pierre Aubenque afirma: “Não há justiça, se a decisão é tardia. O momento, o tempo, que permite que a justiça ocorra, é determinado pela Prudência”. Renomado estudioso dessa doutrina em Tomás de Aquino, o prof. Dr. Jean Lauand também atesta: “Na verdade, a prudentia, enquanto virtude da decisão, é a própria base da justiça e a iurisprudentia nada mais é do que a prudentia do ius”.A virtude da Prudência se estabelece em circunstâncias bem peculiares. O saber científico, das ciências, esse saber “lógico” pode dispensá-la. Sobre todos os nossos conhecimentos já certos, como o saber dos seres em si e por si, imutáveis e eternos, tais quais a aurora e o crepúsculo, as estações do ano, os ciclos lunares, os matemáticos e geométricos, o saber das Formas puras (Idéia platônica), de nossa mortalidade enfim, coisas já assentadas, não se pondera, não se escolhe, não há o que discutir, alterar, portanto, não se delibera.Só deliberamos (e aí sim, podemos orientar nossa ação pela Prudência) sobre “tudo o que é obra do homem”, como diz Aristóteles, o que está sujeito à mudança.É por isso que não há como se atribuir à ciência meramente lógica, um valor moral, ela não é meritória, é o que é. Atentem que um mal uso da Prudência (que não é da alçada das ciências exatas) seria uma contradição pois, ser prudente – agir bem – não comporta o insensato.Eis que a Prudência é outro gênero de conhecimento, é um saber moral porque há mérito em possuí-lo. Ela não existiria sem virtude moral. Em Aristóteles é a cisão do próprio mundo real que possibilita uma cisão paralela no interior da razão, não somente no interior da alma cognitiva (e seus modos de apreensão, exame, intelecção, cognoscência), mas da vida prática, contingente. Contingente é essa vida que levamos: instável, incerta, mutável, sujeita a atenuantes e agravantes, ao exame das circunstâncias, em suma, à deliberação.A contingência fomenta, funda e alimenta a virtude da Prudência, faz dela sua morada pois, é justamente por vivermos num mundo contingente, ou seja, sujeitos ao trágico, ao inimaginável, ao infortúnio, é no solo do acaso e do incerto que emerge a “auriga virtutum”, a boa ação, a virtuosa, posto que bem pensada. Conforme atesta Aubenque: “é a indeterminação dos futuros que faz do homem princípio; o inacabamento do mundo é o nascimento do homem”.A Prudência é considerada a virtude par excellence porque somente através de seu exercício é que o seres humanos podem refletir e escolher. Eis que a virtude da Prudência é a de um Saber da práxis, da ação com a qual os homens se acostumam e incorporam, se habitual e constituem sua moral.Nossas escolhas habituais, baseadas na valoração – ou não – de nossos semelhantes, na consideração (do latim siderio, estrelas) pelo “Outro”, constituirá nossa moral, estabelecerá nosso ETHOS.Ao revelar o ETHOS humano, a virtude da Prudência fundamenta sua incontestavelmente notória importância. Nosso planeta (habitat), como um todo, subordinado aos nossos hábitos (modus vivendi e modus operandi, passíveis de vir a ser constituídos por virtudes ou vícios) explicita nosso ETHOS.O filósofo grego pré-socrático Heráclito é quem nos dá o mais antigo testemunho da palavra phronêsis (Prudência), ao alertar que, na multidão, cada um, ao invés de compreender o que é comum, “se deixa viver como se tivesse sua própria inteligência”. O que ele quer dizer, segundo Aubenque, é que os mortais participam, bem ou mal, de um lógos que os ultrapassa e a falta mais grave do homem é opor sua individualidade ao universal no qual se insere".Se o melhor absoluto se revela impossível, dadas as circunstâncias, busquemos o melhor possível, nos ensina Aristóteles. Deus não delibera, não precisa; tampouco o animal detém poder para examinar suas possibilidades. Somente o homem é chamado à ação: “Torna-te o que és”, roga uma antiqüíssima inscrição no frontispício do oráculo de Apolo, na cidade grega de Delphos.Segundo Aubenque, “A deliberação representa a via humana, ou seja, mediana, aquela de um homem que não é completamente sábio nem inteiramente ignorante [como o daimon intermediário que vimos no artigo anterior, O Banquete sobre o Amor, de Platão], num mundo que não é, nem totalmente previsível, nem totalmente imprevisível, o qual, no entanto, convém ordenar usando as mediações claudicantes que ele nos oferece”.Como Aristóteles, sabemos que a deliberação, o exame, cujo conceito é emprestado da prática política, não basta para constituir a virtude, pois a deliberação não diz respeito ao fim, mas aos meios; em Aristóteles, a phronêsis torna-se Prudência, descola-se do “Ideal” platônico como télos (finalidade, propósito), não diz mais respeito ao Bem, mas ao útil. Eis que a deliberação enquanto tal, pode ser posta a serviço do mal, da desmedida, a hýbris grega.Também no frontispício do Oráculo do deus da harmonia, se lê: “Conhece-te a ti mesmo!” E conhecerás o Universo? E saberás que és um deus? Ou... E constatarás que és mortal? Sejamos Prudentes."

ATENÇÃO VESTIBULANDOS: Ao menos 25 das 55 federais devem adotar o novo Enem

"Ao menos 25 das 55 universidades federais deverão usar o novo Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), previsto para outubro, como forma de seleção de seus alunos. Dessas, 14 tendem a utilizar somente o Enem para selecionar os estudantes. É o que mostra levantamento da Folha.
Essa é uma das quatro alternativas para o novo Enem estabelecidas pelo MEC. As outras são: usar o exame como primeira fase da seleção (escolha feita por três universidades); usar a nota na prova para atribuir um percentual na avaliação final dos candidatos (opção de cinco delas); e usá-lo para preencher vagas remanescentes (escolha da UFSM, no RS).
Outras duas optaram por um misto das alternativas. A Unifesp usará o Enem para todos os cursos, mas alguns poderão fazer segunda fase. E a UFBA fará vestibular para alguns cursos e só Enem para outros. Nas 25 universidades, serão disputadas ao menos 80 mil vagas.
O prazo final para adesão ao novo Enem é 8 de maio. Um encontro do MEC com reitores das federais, em Brasília, discute o sistema unificado de seleção. O evento termina hoje.
O novo Enem terá 200 questões, sobre quatro áreas de conhecimento (linguagens e códigos, ciências humanas, ciências da natureza e matemática). A prova será em dois dias.
As decisões de aderir ou não ao novo Enem deverão ser tomadas pelas universidades após o encontro. O levantamento da Folha mostra que a proposta do MEC teve boa aceitação, afirma Reynaldo Fernandes, presidente do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira).
Preocupações
As reitorias estão realizando reuniões conjuntas para discutir os impactos da proposta. Em Minas Gerais, onde há 11 federais, por exemplo, o Fórum das Comissões de Processos Seletivos se preocupa com uma "fuga de cérebros" para universidades com mais prestígio.
Há preocupação ainda com um fenômeno inverso - a migração de estudantes de grande centros para regiões mais pobres. Assim, haveria menos vagas para os alunos locais nos cursos mais concorridos.
"Provavelmente estes jovens retornarão, após graduarem-se, aos seus Estados de origem, comprometendo o desenvolvimento econômico e social das regiões mais carentes", afirma o reitor da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais), Ronaldo Tadeu Pena.
O novo Enem permite que os estudantes concorram em até cinco universidades. Na inscrição, o aluno terá que ordenar suas preferências. Quem colocar um curso como primeira opção terá prioridade, mesmo com nota menor, sobre outro que escolha o mesmo curso como segunda opção e não seja aprovado na primeira escolha."
FONTE: AGÊNCIA FOLHA

quarta-feira, 29 de abril de 2009

LANÇAMENTO DO LIVRO DO PROFESSOR ROSMAR ANTONINI


Recebi com alegria o convite do lançamento do livro intitulado EFEITO VINCULANTE E CONCRETIZAÇÃO DO DIREITO, do meu professor, na Especialização, Dr. Rosmar Antoni. A exemplo de outras publicações de sua autoria, não tenho dúvida que será mais um sucesso editorial.

ERA DA GLOBALIZAÇÃO: OMS diz que surto de gripe suína se aproxima do nível 5 e indica pandemia


"A OMS (Organização Mundial de Saúde) informou nesta quarta-feira que o desenvolvimento da epidemia de gripe suína --que já atinge 11 países-- coloca a agência mais perto de decretar o alerta de nível 5, em uma escala que vai de 1 a 6. O nível cinco indica que uma pandemia --uma epidemia que afeta vários países simultaneamente-- é iminente e não pode ser evitada.

"Estamos nos aproximando da fase cinco, mas ainda não chegamos", disse Keiji Fukuda, secretário-geral adjunto da OMS, em Genebra (Suíça). "Esse passo é muito significativo, e temos de estar absolutamente seguros de que haja uma transmissão sustentada do vírus em ao menos dois países."

Mais cedo, a ministra de Saúde da Espanha, Trinidad Jimenez, afirmou que uma das dez pessoas infectadas com gripe suína no país não esteve recentemente no México. O anúncio pode indicar que a doença respiratória está sendo transmitida de espanhol para espanhol, o que caracterizaria um novo foco de epidemia, além do México."
Fonte: Folha on line
VAMOS NÓS: É, no mínimo, preocupante a notícia veiculada pela imprensa no mundo inteiro. Vê-se que o mundo globalizado tem os dois lados da moeda. De um lado o avanço tecnológico que permitiu ao homem melhorar sua qualidade de vida; por outro lado, a velocidade como se propagam as doenças através das viagens internacionais. Transnacionaliza-se um virus em menos de 24 horas e os cordões sanitários são ineficientes. Preocupações da modernidade!!Que Deus nos proteja.

terça-feira, 28 de abril de 2009

A PEDAGOGIA DA DOR: ALEGRIA VERSUS TRISTEZA

Os últimos acontecimentos na minha vida – do êxtase da eleição de minha prima Márcia como reitora da Universidade Federal do Amazonas - UFAM à morte de minha secretária Lúcia – sinalizaram para mim que vivemos numa relação profundamente paradoxal. Alegria e tristeza são contrastes presentes em nossas vidas. Andam juntas e ficam sempre à nossa espreita, verificando como será nossa reação.

Essa oscilação de sentimentos nos promove uma reflexão aguçada, nos impelindo a invadir a profundeza de nossa alma, perscrutando os segredos do incognoscível. Como é difícil encontrar as respostas! E se elas houvessem haveria razão para viver? Como enxergar a alegria sem passar pelas noites do abismo existencial? Essa antítese é uma prova irrefutável de que a felicidade é um estado de ânimo, gravitando em pólos opostos. E se a dor chega, santifica-se o sofrimento. E se alegria invade, exubera-se o momento.

Essa é a fragilidade humana! O peso da cruz nos assusta. Queremos a todo custo livrar-se da dor. Não percebemos, entretanto, que a dor tem um conteúdo pedagógico. Faz-nos entender a dimensão da nossa impermanência e do quanto somos vulneráveis. São Paulo já dizia que sua fortaleza estava na fraqueza, pois a partir dela se harmonizava seu encontro com Cristo.

Afastamo-nos da dor através de subterfúgios ou de medicamentos com alto potencial de abstratividade. Enganamo-nos com fórmulas acabadas, prontas. Ignoramos seu processo de formação e preferimos engolir as pílulas mágicas que dissimulam um mundo fantasiado. Afinal, é preciso afastar de nós a cruz. Esquecemo-nos, todavia, de que a dor é algo intrínseco à condição humana e como sentimento que nos é inerente deve ser experienciado com o propósito de educar nossos instintos, aguçar nossa prudência e elucidar nossa fragilidade. Com ela nos tornamos mais sensíveis, mais humanos, menos arrogantes. Percebemos que somos uma fagulha na fogueira da vida. Se a luz se apaga, tudo mais só virá com a fé que nos transportará da finitude para a vida plena.

Por essa razão, vivenciar a agonia da dor é o caminho que nos leva a maturidade emocional, que nos liberta do egoísmo existencial e nos faz refletir que a teia da vida nos liga um ao outro por um laço indivisível e indestrutível e que a morte não é senão uma ruptura transitória de um estado harmônico convencionalemente ideal para uma passagem superior e definitiva, cuja plenitude é indiscrítivel diante da limitação humana.

E a crença na vida após a morte, para nós submersos no racionalismo? Um dia Santa Teresa quando indagada sobre a experiência da fé, afirmou: EU SEI. Essa assertiva da carmelita trespassa o mero entendimento dos conceitos indeterminados, limitados pela incapacidade dos nossos signos linguísticos, e, como rompante a mar aberto, invade o recôndito da alma humana e nos concita a crer, para entender e não entender, para crer.

segunda-feira, 27 de abril de 2009

PREOCUPAÇÕES DA SEMANA

A semana começa com os holofotes voltados para dois acontecimentos. Um, no plano interno, que é a doença da Ministra Dilma, provável candidata de Lula à Presidência da República. Obviamente isso muda o tabuleiro do xadrez da sucessão. Torcemos que seja apenas um susto, mas se for necessário um tratamento mais demorado isso importará na sua possível desistência da peleja eleitoral. No plano B do PT, surgem os nomes de Fernando Hadad, Patrus Ananias, Tarso Genro e quiça Ciro Gomes. Muita água vai rolar debaixo da ponte.
Por outro lado, no cenário mundial, surge uma nova preocupação: A gripe Suína que já matou 149, no México. Cá, no Brasil, a Anvisa descarta alarme. Esperamos que não seja comodismo ou ineficiência. Estamos muito preocupados, pois saúde aqui não funciona bem.

DOR E SOLIDARIEDADE EM SOBRAL


Quero mais uma vez lamentar o transtorno de muitos irmãos nossos de Sobral que estão passando por um momento difícil. São dezenas de desabrigados que têm recebido a solidariedade de voluntários que nessa hora de aflição manifestam esse gesto de grandeza. Muitos comerciantes cederam seus caminhões e muitos populares a força do seu trabalho para amenizarem as precárias condições das vítimas das enchentes. Nesse momento de dor, rogamos a Deus o alento às famílias desabrigadas e às autoridades ações efetivas que minimizem esse quadro caótico.

PAPAI-CORUJA É ASSIM


Esperei muitos anos para ter um filho. Tergiversei algumas vezes. Hoje depois que olho para ele, vejo como a minha vida mudou. Tornei-me mais sensível, mais emocional. Tenho uma razão muito maior para viver. Amo-o com toda a força do meu coração.

domingo, 26 de abril de 2009

ESTAMOS DE LUTO: VÁ EM PAZ, "PRETA"

O dia de hoje foi muito doloroso para mim e para a Marlúcia, minha esposa. Perdemos abruptamente uma grande amiga. Era nossa secretária há quase oito meses. Seu nome era Lúcia, mas chamávamos carinhosamente de "Preta". Chegou a minha casa pouco antes do Carlos Filho Nascer. Foi acometida de súbito mal-estar durante a Semana Santa e passados pouco mais de 13 dias hospitalizada não resistiu. Com apenas 47 anos, Preta foi para o andar de cima, deixando a saudade. A nossa homenagem e a certeza de que nesse instante você estará contemplando a glória de Deus.Vá em paz!!!

UMA ALEGRIA CONSTRUÍDA PELA LUTA DE UMA MULHER

Foi com alegria que cumprimentei a prima Márcia Perales Mendes pelo feito inédito de tornar-se a primeira mulher reitora da Universidade Federal do Amazonas - UFAM. Recebi seu e-mail e resolvi transcrever para vocês:

"Prezado Primo,
Como estão todos? Obrigada pelo e-mail e pela torcida de todos vocês. De fato, foi uma batalha muito difícil. Apesar de já trabalhar como docente na Universidade Federal do Amazonas (UFAM) há 23 anos e a Instituição ter completado 100 anos em janeiro de 2009, nunca tínhamos tido uma Reitora, sempre foram homens. Assim, a luta foi grande por várias razões, principalmente, pelo fato de eu ser mulher. Mas, valeu! Ganhamos no primeiro turno de três candidatos (eram 4 chapas, contando com a minha) e no segundo turno, mais três (porque os dois que perderam no primeiro turno se aliaram ao outro que permaneceu). Ou seja: ganhamos duas vezes dos três! Foi muito bom!Por favor diga ao Tio Robério, à Tia Ines, à Tia Teca e a todos que sinto saudades e que agradeço muito a vocês pela torcida e pela satisfação que também sentiram com a nossa vitória como primeira Reitora da UFAM (em 100 anos).
Muito obrigada e dê sempre notícias. Assim que puder, mandarei algumas fotos da campanha e da vitória para vocês.
Beijos a todos.
Márcia."

sábado, 25 de abril de 2009

CUIDADO COM OS ESPERTALHÕES: Donos de carro de luxo têm bolsa do ProUni

"Embora se destinem apenas a jovens com renda mensal de até um salário mínimo e meio (R$ 697,50) por pessoa da família, bolsas integrais do ProUni (Programa Universidade para Todos) foram concedidas a mais de mil proprietários de carros novos, entre eles modelos de luxo, como Honda Civic, Toyota Hilux, Ford Fusion, Vectra, Zafira, Mitsubishi Pajero e o XTerra da Nissan, informa reportagem de Marta Salomon, publicada na Folha desta quinta-feira (íntegra disponível para assinantes do UOL e do jornal).
A irregularidade, informa a reportagem, que alcança uma fatia de 0,6% dos beneficiários de bolsas integrais, foi detectada por auditores do TCU (Tribunal de Contas da União) ao cruzarem a lista de beneficiários do ProUni com os cadastros do Renavam (Registro Nacional dos Veículos Automotores).
Com base no cruzamento com outros cadastros oficiais, foram identificados indícios de irregularidades que envolvem 30.627 bolsistas, ou 8% do total de 385 mil beneficiários. O ministro Fernando Haddad (Educação) afirmou que, caso sejam comprovadas as fraudes apontadas pelo TCU (Tribunal de Contas da União), o estudante será desligado do programa. "Em caso de má-fé, o Ministério Público será acionado", disse o ministro."
FONTE: Folha de São Paulo
VAMOS NÓS: Imoralidade total no país dos escândalos. Mistura do público com o privado. Da ética com a safadeza.

JACQUES ALBUQUERQUE COMEMORA SEU ANIVERSÁRIO EM MASSAPÊ

Cumprimento meu primo e amigo Jacques Albuquerque, ex-prefeito de Massapê e grande líder político, pelo transcurso de seu aniversário. Hoje ele comemora o natalício na cidade de Massapê, logo mais à noite, com uma festa popular no Clube Social Massapeense. Para quem não sabe, Jacques é irmão do Deputado Zezinho Albuquerque, um dos homens de confiança do Governador Cid Gomes.

CHUVAS EM SOBRAL PROVOCA DEZENAS DE DESABRIGADOS

Dormi e acordei debaixo de chuva. Realmente São Pedro não está dando trégua. Não adianta culpar o santo pelas dezenas de desabrigados em Sobral e em outras cidades cearenses. O que se deve fazer, na verdade, é rediscutir a ocupação humana nas cidades. O Poder Público não pode agir com medidas paliativas. Todo ano se repete: cheia e Defesa Civil. Todavia, ações concretas não são tomadas. A população ribeirinha fica entregue à própria sorte, à mercê das campanhas voluntárias. Moradia digna e organização na ocupação urbana não podem passar despercebidas por aqueles a quem compete executar as políticas públicas. Menos discurso e mais ação.

sexta-feira, 24 de abril de 2009

FESTA NA FAMÍLIA: PRIMA É A PRIMEIRA MULHER ELEITA REITORA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS


Nossa família está exultante e alegre com a eleição de Márcia Perales Mendes à reitoria da Universidade Federal do Amazonas -UFAM. Márcia é a primeira mulher a ascender ao reitorado daquela universidade.

Nascida no Amazonas. Seu pai José Medeiros Mendes, irmão do papai, foi deputado por duas vezes naquele Estado. Era um orador primoroso. Iria ser candidato ao governo do Amazonas quando repentinamente foi vítima de infarto fulminante. A esposa, tia Flávia,teve que assumir a educação de cinco filhos: Otávio, José, Rubens, Fred e Márcia.

Todos são muito bem sucedidos profissionalmente. A Márcia optou pelo magistério. Tem doutorado em Ciências Sociais. Com firmeza e determinação, candidatou-se a vaga de Reitor na UFAM e sagrou-se vitoriosa. Parabéns à estimada prima e sucesso nessa nova empreitada.

quinta-feira, 23 de abril de 2009

PATRIOTISMO AGORA VAI VIRAR LEI: Comissão do Senado aprova hasteamento obrigatório da bandeira nacional em escolas

"A CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado aprovou nesta quarta-feira (22) um projeto de lei que obriga o hasteamento da bandeira nacional em escolas públicas e particulares pelo menos uma vez por semana. O projeto agora segue para a Câmara.
Segundo o texto do projeto de lei nº 184/03, de autoria do senador Aloizio Mercadante (PT-SP), a medida é válida para escolas do ensino fundamental e médio.
No relatório, o senador Pedro Simon (PMDB-RS) acolheu o mesmo texto do parecer aprovado antes pela Comissão de Educação, em que o hasteamento semanal foi estendido também às escolas ensino médio.
A emenda retirou ainda do texto a menção de que o ato seja acompanhado da execução do Hino Nacional, medida considerada desnecessária, já que a legislação referente à forma e à apresentação dos símbolos nacionais --lei nº 5.700/1991, que determina que o hino seja sempre executado nas ocasiões em que a Bandeira Nacional for hasteada."
VAMOS NÓS: Aplaudo a iniciativa. Precisamos ser patriotas. Isso não é nostalgia nem romantismo piegas. Trata-se de identicação como povo, como Nação. Precisamos amar o Brasil e defender os seus símbolos. São partes de nós mesmos. Muitos irmãos nossos sucumbiram na luta pela liberdades deste país. De um tempo para cá patriotismo foi confundido por xenofobia- Desvirtuamento insensato de uma expressão valorável utilizada com exasperação ideológica. Amar nossa pátria é sinônimo de amadurecimento!

DISCUSÃO NO STF É MANCHETE NOS PRINCIPAIS JORNAIS DO PAÍS

Pegou bastante mal a discussão entre os Ministros Joaquim Barbosa e Gilmar Mendes (Presidente do STF), na Sessão de ontem, do Excelso Pretório. Ao ofensas dirigidas ao Presidente da maior Corte de Justiça do país são bastante graves, pois coloca em evidência os interesses escusos que estão inscrustados nas altas esferas do Judiciário. Se aqueles a quem confiamos a promoção da justiça se digladiam ao vivo, via televisão, trocando acusações de toda ordem, como fica a credibilidade desta Instituição a quem compete o resguardo de nossa Constituição. Na verdade, já disse outro dia no blog e repito, vivemos uma degeneração moral de grande magnitude nas nossas instituiçõs.
No legislativo, a bandalheira grassa a grosso modo, misturando-se o público com o privado e, agora, no judiciário paira a dúvida sobre a conduta de sua maior autoridade. Enquanto isso nos perguntamos: O que vamos ensinar nas escolas sobre nossas instituições? Quais as referências que a juventude terá de seus líderes?
Esse episódio é lamentável e se tornará mais uma página negra no Brasil dos escândalos, da corrupção, da imoralidade. Quando iremos assistir ao próximo???

UM TEXTO PARA SE CONFERIR: FÉ & RAZÃO, de Vasconcelos Arruda

Li e gostei bastante de um ensaio publicado no blog Sincronicidade do meu conterrêneo Vasconcelos Arruda, tratando sobre um tema polêmico: FÉ & RAZÃO. Aconselho você conferir a beleza e a profundidade do texto.
Veja o endereço: www.domvasco.blogspot.com

quarta-feira, 22 de abril de 2009

CCJ DO SENADO APROVA FIM DA COBRANÇA DE TAXA DE INSCRIÇÃO EM VESTIBULARES

"A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou hoje um projeto de lei que acaba com a cobrança de taxas de inscrição em vestibulares das universidades federais para estudantes carentes. Pela proposta, fica proibida a cobrança de qualquer valor para a inscrição de candidatos que tenham cursado integralmente o ensino médio em escola pública ou que tenham renda familiar inferior a dois salários mínimos. Como a decisão foi terminativa - somente passará pelo plenário se houver recurso assinado por nove senadores, no prazo de cinco dias -, o texto segue agora para a Câmara dos Deputados. Se aprovado lá, vai para a sanção presidencial. O projeto de lei foi apresentado pelo líder do PT, Aloizio Mercadante (SP). O líder do PSDB, senador Arthur Virgílio (AM), disse que era mais saudável conceder a isenção da inscrição para o vestibular aos carentes do que a política de cotas."
Fonte: Yahoo

DICA DE LIVRO: COMO SE TORNAR UM LÍDER SERVIDOR, de James Hunter

Li e indico a obra "COMO SE TORNAR UM LÍDER SERVIDOR" (Editora Sextante), de James Hunter. É o mesmo autor do best-seller "O Monge e o Executivo". O livro trata sobre os princípios da liderança servidora. O autor acredita que liderar não é ser "chefe". Liderar é servir. Afirma que "os antigos métodos de comando e controle, na base do grito e da ameaça, são ineficinetes quendo se lida com uma força de trabalho diversificada, formada por gerações muito diferentes, que cresceram desconfiando de quem tem o poder."
Pontua de forma magistral que liderança exige paciência e autocontrole, assim como gentileza e humildade. Vale a pena conferir.

UM BLOG DE PESO NO MUNDO VIRTUAL: SINCRONICIDADE, de VASCONCELOS ARRUDA

É com alegria que recebi hoje a informação de que meu amigo e guru Vasconcelos Arruda aderiu ao mundo virtual nos presenteando com seu blog. Não tenho dúvida de que será extremamente enriquecedor para aqueles que adoram a boa reflexão. Vasco é um iluminado. Sua cultura é notável e sua humildade mais ainda.
Aí vai o endereço para você conferir: www.domvasco.blogspot.com

terça-feira, 21 de abril de 2009

FERNANDO PESSOA: LIBERDADE

Já que estamos falando de Liberdade, nada melhor do que apreciar o poema"LIBERDADE" de Fernando Pessoa. Nele está em evidência o ortônimo, isto é, o próprio Fernado Pessoa. Já disse neste blog da admiração que tenho a esse poeta português. Seus heterônimos Caeiro, Ricardo Reis e Álvaro de Campos são criações genias. Vamos conferir:
LIBERDADE
Ai que prazer
Não cumprir um dever.
Ter um livro para ler
E não o fazer!
Ler é maçada,
Estudar é nada.
O sol doira sem literatura.
O rio corre bem ou mal,
Sem edição original.
E a brisa, essa, de tão naturalmente matinal
Como tem tempo, não tem pressa…
Livros são papéis pintados com tinta.
Estudar é uma coisa em que está indistinta
A distinção entre nada e coisa nenhuma.
Quanto melhor é quando há bruma.
Esperar por D. Sebastião,Quer venha ou não!
Grande é a poesia, a bondade e as danças…
Mas o melhor do mundo são as crianças,Flores, música, o luar, e o sol que peca
Só quando, em vez de criar, seca.
E mais do que isto
É Jesus Cristo,Que não sabia nada de finanças,
Nem consta que tivesse biblioteca…
Publicado in Seara Nova, n.º 526, de 11-09-1937Fernando Pessoa - Cancioneiro- 16/03/1935

REFLEXÃO - DIA 21 DE ABRIL - TIRADENTES NÃO MORREU EM VÃO

Hoje é feriado nacional, embora muita gente esteja no batente. A data relembra Tiradentes que ficou conhecido como o mártir da inconfidência. Se bode expiatório ou não, o que se sabe foi que o herói nacional pagou o preços mais caro, entre os inconfidentes, por ser aquele de menor posição social. A velha história: O pau só quebra nas costas dos mais fracos.
Não obstante essa revisão histórica, podemos tirar desse episódio o ideal de liberdade que permeia o homem durante todo o curso da história. Sartre já dizia que somos condenados à liberdade. Liberdade que sempre foi decantada em verso e prosa pelos nossos poetas e literatos. Mas afinal, o que é liberdade!!! Direito de ir e vir. Também, mas principalmente direito à vida, à saude, à educação, à segurança.
O Brasil continua sendo uma nação injusta, fruto de um processo de colonização explorador, que tem negado aos seus cidadãos direitos fundamentais como a saúde. Basta visitar uma emergência de um hospital público para vivenciar a experiência do inferno. Pessoas são tratadas como lixo. Relegados ao Deus dará. Imagine a dor que fragiliza o homem não ser apascentada pelo espírito da solidariedade. Resultado disso tudo é a desumanização.
Isso sem se falar nos muitos direitos subtraídos dos brasileiros: Educação, moradia, segurança. A violência grassa incólume, levando ao desespero a civilização humana. Somos lobos ou homens, amigos ou caçadores.
Essa é a nossa história, mas resta um alento. Diferentemente de outros povos, somos constituídos de várias raças e culturas. Como poucos outros, sabemos lidar com as crises e com os problemas. Temos um potencial extraordinário! Basta que os homens levantem a bandeira da ética, incrustando-a no coração e na alma, banindo a corrupção (câncer da sociedade) e devolvendo aos brasileiros a dignidade da luta e da resistência. Valeu Tiradentes! Você não morreu em vão. As sementes da liberdade foram plantadas e se tornaram frutos de indelével esperança.

segunda-feira, 20 de abril de 2009

AGORA SIM: SEQUESTRO-RELÂMPAGO É CRIME E COM PENA PESADA.

Lei nº 11.923, de 17 de Abril de 2009

Acrescenta parágrafo ao art. 158 do Decreto-Lei nº 2.848, de 7 de dezembro de 1940 - Código Penal, para tipificar o chamado "sequestro relâmpago".

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

Art. 1º O art. 158 do Decreto-Lei nº 2.848, de 7 de dezembro de 1940 - Código Penal, passa a vigorar acrescido do seguinte § 3º:

"Art. 158. ....................................................................

.....................................................................................

§ 3º Se o crime é cometido mediante a restrição da liberdade da vítima, e essa condição é necessária para a obtenção da vantagem econômica, a pena é de reclusão, de 6 (seis) a 12 (doze) anos, além da multa; se resulta lesão corporal grave ou morte, aplicam-se as penas previstas no art. 159, §§ 2º e 3º, respectivamente." (NR)

Art. 2º Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.

Brasília, 17 de abril de 2009; 188º da Independência e 121º da República.

LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA
José Antonio Dias Toffoli

Este texto não substitui o publicado no DOU de 17.4.2009 - Edição extra.

VAMOS NÓS: Há tempo o Brasil pugnava pela aprovação de uma lei dura que combatesse o crime de sequestro-relâmpago. Até que enfim o legislador colocou a mão na massa e, o que é melhor, reprimiu tal conduta com uma pena pesada. Mas é preciso que se diga que a lei, por si só, não combate a prática deliquente. É preciso, sobremaneira, de um aparato policial ostensivo e integrado e um judiciário célere para que a impunidade não grasse incólume. Vamos esperar.

CUDADO: Choque térmico causa danos ao organismo e pode até ser fatal

"Mudanças bruscas de temperatura, como sair da sauna e tomar uma ducha fria, exigem um esforço de adaptação muito grande do organismo. Por isso podem ser extremamente perigosas para quem já tem alguma doença crônica ou sofre de problemas circulatórios.
Nesses casos, podem levar a arritmias cardíacas, alterações metabólicas e pulmonares e até mesmo provocar uma parada cardíaca. Em quem tem insuficiência cardíaca, por exemplo, o popular choque térmico pode colaborar para um edema pulmonar, como o que causou a morte do deputado federal João Herrmann Neto (PDT) no domingo, no interior paulista, embora ainda não se saiba se o deputado era doente cardíaco.
O edema, ou inchaço, no pulmão nada mais é do que o encharcamento do órgão pelo sangue que não foi corretamente bombeado pelo coração.
Mas mesmo pessoas saudáveis não estão livres de sofrer danos se ficarem expostas a uma grande variação de temperatura tanto para o frio como para o calor. Se for de um extremo ao outro, pior ainda. A adaptação vai depender das condições do organismo e dos hábitos de vida da pessoa.
Sob calor em excesso, os vasos se dilatam e a pressão cai. Já com o frio, acontece o contrário: há uma vasoconstrição, que dispara a pressão arterial. Em ambos os casos, o coração acaba sobrecarregado.
"Se a pessoa quiser fazer sauna, deve permanecer pouco tempo no calor e passar por uma transição gradual de temperatura", ensina o clínico-geral Arnaldo Lichtenstein, do Hospital das Clínicas de São Paulo. Ou seja, evitar tomar uma ducha gelada logo em seguida. Idosos e pessoas que têm algum problema de saúde só devem fazer sauna com o aval do médico. Para as gestantes e crianças, ela é contraindicada.
Na praia ou na piscina, a recomendação é de manter-se sempre bem hidratado, tomando muito líquido, e não dar um mergulho na água gelada se estiver com a pele muito quente. O ideal é refrescar-se aos poucos, molhando o corpo por partes. "Não leve o organismo aos limites pois isso gera um estresse", recomenda o cardiologista Sérgio Timerman, do InCor (Instituto do Coração)."
Fonte: Folha on line

ADRIANO "O IMPERADOR" E SEU AMOR PELA FAVELA

Comentou-se, no mundo inteiro, a decisão do atacante brasileiro Adriano de dar um tempo no futebol. Foram muitas especulações: Drogas, alcoolismo, dor de cotovelo e muiatas outras. Por final, quis o jogador se refugiar na sua "favela". Independente dos motivos que o levaram a tomar tamanha atitude, vê-se que caso revela um paradoxo. Um jovem nascido na pobreza que ascende ao estrelato no mundo do futebol. Saber lidar com essa nova realidade: dinheiro, fama, mulher, não é uma tarefa fácil. Foi assim que muitos profissionais sucumbiram. Um detalhe nessa história: O jogador se refugia na sua favela. Trata-se na verdade da volta ao útero, a sua origem, como forma de repensar o seu "EU".
Com esse contexto, constato mais uma vez a importância da inteligência emocional. Ele não estava preparado para um mundo novo tão abruptamente. Engasgou-se na distorção dos valores e embriagou-se pela fugacidade da pseudo "felicidade". O resultado todos vocês sabem!
Sua busca agora será através do mergulho em seu interior, no recôndito de sua alma. Quiça encontrará a luz e um novo rumo.
Esse caso revela uma conclusão inarredável: O glamour, sem equilíbrio e sem maturidade, é um mal que assola o homem, pervertendo sua natureza, impelindo-o a destruir seus próprios valores.

domingo, 19 de abril de 2009

ESCOLA DA COMPLEXIDADE - ACEITEI O CONVITE E FAÇO PARTE

Foi com muita alegria que aceitei o convite do meu conterrâneo e guru Vasconcelos Arruda para fazer parte da ESCOLA DA COMPLEXIDADE. O projeto foi idealizado pelo intelectual Antônio Sales. Seu objetivo é gerar conhecimentos compatilhados através da integração de pessoas dedicadas à investigação e aplicação do PARADIGMA DA COMPLEXIDADE E DO PENSAMENTO COMPLEXO aos grandes desafios da atualidade. Você pode conferir maiores detalhes do projeto através do endereço: http://www.complexidade.ning.com

PAULO ALBUQUERQUE ADVOGADOS ASSOCIADOS LANÇA SITE NA INTERNET


Quero cumprimentar ao meu primo-irmão Paulo Albuquerque pelo lançamento do seu Site PAULO ALBUQUERQUE ADVOGADOS ASSOCIADOS (basta colocar essa expressão no google). Convido aos profissionais e estudantes de direito para visitá-lo. O Site é bastante informativo, inclusive conta com as decisões dos maiores tribunais do país. Excelente para quem quer se manter atualizado, principalemente na área jurídica. Parabéns ao Dr. Paulo Albuquerque pela iniciativa. Ele que é um dos mais renomados advogados do Ceará.

CINCO MIL PESSOAS VISITARAM O II WORKSOP DO COLÉGIO LUCIANO FEIJÃO

Ontem foi uma noite memorável. Mais de cinco mil pessoas participaram do II WORKSHOP DO COLÉGIO LUCIANO FEIJÃO, realizado no Centro de Convenções de Sobral. Jovens e adultos interagiram com as 17 estandes das mais diversas profissões. Nela encontraram informações sobre mercado de trabalho. Antes da feira, o público se deliciou com a palestra "Profissão, Maturidade e Empreendedorismo" proferida pelo renomado Dr. Sérgio Sobreira. Parabéns aos coordenadores, professores e alunos pelo sucesso do evento.

Diretores do BC dos EUA sugerem que o pior da recessão já passou

"Dois dos principais membros do Fed (Federal Reserve, o Banco Central dos EUA) sugeriram neste sábado que o pior da crise financeira já passou no país. Donald Kohn, vice-presidente do Fed, e William Dudley (diretor da unidade regional do banco em Nova York) defenderam os cortes de juros e as injeções de capital na economia como forma de reativar o crescimento americano.
Os diretores foram questionados sobre a crise durante uma conferência na Universidade de Vanderbilt, em Nashville (no Estado do Tennessee). Para eles, a economia real ainda vai demorar algum tempo para mostrar os efeitos das medidas anticrise, mas o Fed e o governo têm sido bem-sucedidos em agir para retomar o crescimento.
Para Kohn, o "número dois" do Fed, a política em direção a uma taxa inflacionária de 2%, mais que um valor mais baixo, dá ao banco mais espaço para atuar em tempos de crise. "Essa flexibilidade poderia nos ajudar a facilitar ainda mais o crédito se a economia se mostrar resistente aos estímulos fiscais e monetários que já foram concedidos", disse."
Fonte: Folha on line
VAMOS NÓS: Esperamos ansiosamente pelo fim dessa crise. É bom que se diga que o sentimento de pessimismo muitas vezes se apresenta na vida humana, fazendo com que muitos olhem o futuro sem se aperceberem das oportunidades. Sempre tenho dito que crise é tempo para criar, para se superar. O Brasil, por exemplo, já viveu esse quadro dezenas de vezes. Hoje respiramos mais aliviados por termos aprendido algumas lições. Importante ressaltar que devemos ter cuidado apenas com os arroubos políticos e as legislações feitas de última hora, os quais muitas vezes provocam um desarranjo institucional.

sábado, 18 de abril de 2009

COLÉGIO LUCIANO FEIJÃO REALIZA HOJE SEU II WORKSHOP

O tempo está pequeno para blogar, pois estamos a meio da organização do II WORKSHOP do Colégio Luciano Feijão que se realizará logo mais às 18:00h, no Centro de Convenções de Sobral.Será uma noite muito informativa. Inicialmente com a palestra do Dr. Sérgio Sobreira, magnífico orador. Após, teremos a visitação aos estandes das profissões. Cumprimento aos professores Carlos Jamacaru e Valdênia pelo trabalho desenvolvido ao longo do mês e aos mais de 165 profissionais do Colégio Luciano Feijão que trabalharão no evento. Se voce reside na Zona Noreoeste do Estado do Ceará, venha conferir.

sexta-feira, 17 de abril de 2009

SEQUESTRO-RELÂMPAGO AGORA TEM PENA DURA

"O presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou, sem vetos, o projeto de lei (PLS 54/04) que tipifica o crime de sequestro-relâmpago no Código Penal, com pena de seis a 12 anos de prisão.
Em caso de morte da vítima, a pena aumenta, indo de 24 a 30 anos de prisão. Se o sequestro-relâmpago resultar em lesão corporal grave, a pena varia de 16 a 24 anos.
Na época da aprovação do projeto no Congresso Nacional, o Ministério da Justiça recomendou o veto à proposta, argumentando que o Código Penal já prevê o crime de seqüestro-relâmpago desde 1996, quando a lei aumentou a pena por roubo para o criminoso que restringir a liberdade da vítima.
O ministério também alegou, na época, que as penas poderiam se tornar excessivas, resultando inclusive em punições mais graves do que as previstas para homicídios simples.
Na última terça-feira, o senador Demóstenes Torres (DEM-GO), presidente da Comissão de Constituição e Justiça, denunciou da tribuna que havia uma campanha movida por assessores do Ministério da Justiça para levar Lula a vetar o projeto, aprovado pelo Senado, que tipifica o crime de sequestro-relâmpago. - Presidente Lula, o senhor está sendo mal orientado neste caso. Faça uma reflexão, senhor presidente: será que cadeia de seis a 12 anos não é uma pena razoável para o sequestro-relâmpago quando não há lesão corporal ou morte? - indagou Demóstenes, da tribuna.
Fonte: O Povo
VAMOS NÓS: Era um anseio da sociedade a tipificação criminal do sequestro-relâmpago que virou moda no Brasil, principalmente nos grandes centros urbanos. Espera-se, também, a normatização dos crimes praticados via internet."

quinta-feira, 16 de abril de 2009

A ESCOLA PRECISA DESENVOLVER A INTELIGÊNCIA EMOCIONAL

Cada vez mais compreendo a necessidade de ampliarmos nossa Inteligência Emocional. Durante muito tempo a educação se permitiu a desenvolver o intelecto, sem preocupar-se de formar homens e mulheres livres e conscientes. O Quociente intelectual (Q.I) definia, em outras épocas, o grau de competência de um profissional, constituindo-se em um instrumento bastante utilizado para seleção de um emprego. Observou-se com o tempo que tal artifício era falho, uma vez que a inteligência, por si só, não era suficiente para indicar se aquele profissional é realmente capaz.
Com o desenvolvimento da teoria da Inteligência Emocional, muito bem concatenada pelo Phd Daniel Golleman, veio a percepção de que é preciso saber lidar com as emoções, pois sem essa maturidade não seremos capazes de fazer uso de nossa inteligência de maneira ordenada e propositiva.
Fica claro observar que o sucesso profissional ou familiar dependem de como lidamos com as nossas emoções no dia-a-dia. São as ações e as atitudes que revelam a nossa personalidade. Nesse contexto, advém a constatação de que muito pouco temos feito, nas nossas escolas, no tocante ao desenvolvimento da inteligência emocional. Permitimo-nos reproduzir conhecimentos, colocando em desvalor a dialética e a criatividade.
Ao final do processo, verificamos que o resultado de tudo isso é o acabrunhamento das ideias e o fortalecimento do automatismo cego, o que fatalmente gerará pessoas inseguras e desnorteadas. Está na hora de repensarmos nosso modelo educacional. É preciso intensificar o debate nos diversos segmentos da sociedade. Não dá mais para colocarmos a poeira debaixo do tapete.

SE A ONDA PEGA: TJGO - Juiz condena homem a indenizar ex-mulher por casamento frustrado

Não se trata de uma decisão teratológica, talvez inusitada. Vejam só a decisão de Juiz Goiano. Imagine se a onde pega?

"O Juiz substituto Liciomar Fernandes da Silva, em atuação na comarca de Mozarlândia, condenou um homem a indenizar a ex-mulher por abandoná-la dois dias após o casamento, sob a alegação de que não a amava mais. Na sentença, o magistrado fixou a condenação em R$ 10 mil, por danos morais, pela situação vexatória, e em R$ 2.082,87 (valor a ser atualizado), por danos materiais, em razão das despesas da autora com a realização da cerimônia. Para Liciomar Fernandes, o dano moral advém da dor e esta não tem preço, uma vez que decorre também de uma situação de constrangimento ou vexame, de dores físicas e emocionais ou de mágoa pela perda de algo que a vítima almejou conquistar, entre várias situações de ordem emocional.
"No referido caso tem-se uma jovem moça, criada com disciplinas religiosas rígidas e diante das várias juras de amor, acreditando ter encontrado a pessoa certa, com quem iria se casar e formar uma família, foi contra a sua crença e teve relações sexuais antes do casamento. Então viu-se enganada, desiludida com seus sonhos, já que seu casamento durou somente na noite de núpcias", ressaltou. Observou que o dano moral não pode ser mensurado através de valores materiais, mas tem como objetivo trazer uma compensação, a fim de amenizar mágoas de quem sofreu a ofensa e ao mesmo tempo servir de feito pedagógico não só a quem deu causa ao dano, como a outros que tomarem conhecimento dele.
Com relação aos danos materiais, o Juiz entendeu não restar dúvida quanto à obrigação do réu em indenizar a autora pelos gastos com o casamento. A seu ver, o argumento usado pelo réu de que a autora não teria direito à indenização, pois foi forçado a se casar não participou dos preparativos da cerimônia, é infundado, já que consta do seu depoimento que ele estava ciente de que a família da noiva estava arcando com todas as despesas. "Ora, se é verdade que se casou obrigado e tinha em mente abandonar a autora, por que deixou que a família dela arcasse com todos os gastos? Dessa forma, seu pedido encontra arrimo, pois teve grandes prejuízos ao investir em um casamento infrutífero", asseverou.
Na ação, a autora disse que iniciou o namoro com o réu quando tinha 15 anos e relatou que após alguns meses de relacionamento manteve relações sexuais com ele. Depois de algum tempo, de acordo com ela, eles confessaram o fato ao pastor da igreja que frequentavam e também aos seus pais. Argumentou que ambos marcaram o casamento com o consentimento do réu, que afirmou amá-la. Em 8 de janeiro de 2005, segundo os autos, os dois se casaram conforme os costumes da religião que praticavam, ocasionando muitos gastos à sua família. No entanto, dois dias após o casamento, afirmou que o réu a abandonou, ligando somente depois de duas semanas para dizer que não a amava e que tinha outra mulher. Ao final, sustentou que o fato acarretou-lhe sofrimento e vergonha, pois foi exposta a toda a cidade. (Os dados do processo não foram fornecidos pela fonte)."

REFLEXÃO: A força da perseverança

TEXTO ENVIADO POR UM LEITOR QUE NÃO QUIS SE IDENTIFICAR, MAS VALE A PENA LÊ-LO:
"Quer você queira ou não as dificuldades e tropeços da vida sempre existirão. Por mais preparado que você acredite estar em algum momento da vida vai se encontrar em um beco sem saída, e o pior é que pode ter se preparado muito para a “corrida de sua vida” e de um instante para outro ver suas chances reduzidas a zero. Não existe uma única pessoa na vida que não tenha ficado desapontada devido a expectativas não atingidas , as coisas nem sempre funcionam como planejamos ou sonhamos. Obstáculos inesperados, eventos não programados ou a ocorrência de circunstâncias fora do nosso controle podem fazer nossos sonhos irem por água abaixo. É incrível como nossas esperanças podem desaparecer depois da dor do fracasso, do constrangimento ou do desânimo Quantos desistem frente aos fracassos. Quantos se ressentem, amarguram e desistem quando encontram dificuldades. Problemas. Quem não os tem? A diferença fundamental entre quem vence e quem perde está em como encaram seus fracassos. E mais, como aproveitam as lições que a derrota momentânea lhes deu. Mais importante que ganhar é completar a corrida , jamais esqueça que a vida não é composta de uma única corrida e sim de várias, perder uma não lhe dá o direito de desistir. Nas olimpíadas de 1992 em Barcelona na Espanha estava para ser dada à largada da semifinal da prova de 400 metros rasos masculina, a disputa prometia ser acirrada. Entre os corredores estava um jovem inglês de nome Derek Redmond. Seu sonho era provavelmente o mesmo dos demais competidores que se alinhavam na linha de partida: Vencer. Depois de dada a largada os competidores disputavam passada a passada à vaga para as finais. Derek vinha com boas chances de classificação, seriam segundos decisivos na vida de quem treinou muito, se preparou, passou dor e cansaço, mas estava ali para fazer valer o esforço de uma vida de dedicação. Mas antes de sabermos o que aconteceu é preciso voltar no tempo para entender melhor a sua história , a sua dor e a sua glória, a sua derrota e sua vitória, o esporte é a poesia dos músculos, a prosa da mente em concentração, o apogeu de um corpo preparado pra sofrer o que for preciso, a dor é só um preço a ser pago com lágrimas suor e sangue. Porém, Derek tinha um motivo especial , após as olimpíadas de Seul em 1988 , quatro anos antes , ele havia passado por cinco operações em ambos os tendões de Aquiles, tendo conseguido se recuperar em tempo recorde , voltar á treinar , se classificar nas eliminatórias e finalmente poder estar correndo com os melhores atletas do mundo atrás de um sonho. Foi aí que aconteceu um desastre. Ele sentiu uma dor aguda na parte posterior da perna , pouco depois da largada , seu tendão direito havia se rompido e Derek caiu com o rosto no chão, era o fim da corrida para ele , o sonho lhe tinha escapado por entre os dedos e agora lhe restava apenas a dor. As câmeras não focalizaram Redmond caído mas o campeão Steve Lewis que completou a prova em 44s50. Determinado a concluir a prova esse atleta se levanta com muita dificuldade e saltando sobre um dos pés retoma a corrida, obviamente sem a menor chance de classificação. Neste momento o seu pai, Jim Redmond , 49 anos, sentado no alto da arquibancada, que viu seu filho cair , desceu imediatamente até à pista , tudo que ele viu foi seu filho precisando de ajuda e lá estava ele para faze-lo. O público sentiu que Derek Redmond estava participando não só de uma corrida olímpica, mas da corrida de sua vida. Todos se ergueram e aplaudiram de pé com entusiasmo aquele momento heróico , na última volta o pai colocou seu braço em volta dos ombros do filho e correram juntos , Derek encostou sua cabeça no ombro direito do pai e chorou como uma criança , um dos fiscais ainda tentou intervir e retirar o pai da pista, mas não conseguiu. Eles cruzaram juntos a linha de chegada, pai e filho, abraçados , uma lição de compaixão aplicada diante de milhões de espectadores. A multidão em pé começou a aplaudir ao perceber que Derek estava participando da corrida de sua vida."

quarta-feira, 15 de abril de 2009

FIQUE DE OLHO NO SEU DIREITO: Cabe indenização por abordagem vexatória em supermercado

Não obstante o que preconiza o Código de Defesa do Consumidor é comum assistirmos ao desrespeito aos cidadãos nas relações de consumo, principalmente no tocante as atividades comerciais. Vejamos um exemplo e não nos esqueçamos de que a lei 9.099/95, que criou o Juizado Especial, oportuniza o ingresso no judiciário sem pagamento de custas processuais e, nas causas até 20 salários mínimos , sem a necessidade de um advogado. Faça valer o seu Direito:
"A Segunda Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Mato Grosso indeferiu Recurso de Apelação Cível nº 87.167/2008 impetrado pela Comercial Carapá de Secos e Molhados Ltda, localizado no município de Colíder (distante 650 km de Cuiabá), que buscou reformar sentença proferida em Primeira Instância. A apelante foi condenado ao pagamento de R$ 10 mil a título de danos morais à apelada abordada por segurança do estabelecimento devido a um produto que já estava com ela ao entrar. A empresa apelante sustentou nas argumentações que não houve dano, que a abordagem feita pelo seu segurança à apelada foi discreta e educada. Alegou que a apelada adentrou em um de seus supermercados acompanhada por uma criança e com um produto que era comercializado no estabelecimento. Destacou a existência de guarda-volumes cujo objetivo seria evitar equívocos. Reforçou que a apelada criou a situação propositalmente, pois teria respondido em voz alta para chamar atenção. O requerente solicitou que se arbitrada pena pecuniária, seu valor fosse diminuído pela metade. A desembargadora Maria Helena Gargaglione Povoas, na observância da relatoria, constatou em análise dos autos que houve ofensa à apelada que entrou no supermercado, empurrando um carrinho de bebê e após a compra, foi abordada pelo segurança que a questionou sobre onde tinha adquirido o lenço umedecido. A relatora citou que tal produto não é vendido exclusivamente pela apelante e, mesmo que fosse, não teria o direito de aludir suspeita quanto aos clientes. Mesmo com a existência de guarda-volumes no estabelecimento, nem todos os clientes são informados de que devem deixar os objetos que carregam. Consta dos autos ainda que a apelada estaria com uma criança em um carrinho de bebê, onde se encontrava o lenço umedecido. Ato que, na visão da julgadora, demonstra apenas uma comodidade nos cuidados com a criança, ficando claro que houve dano moral, decorrente de situação vexatória, já que durante a abordagem várias pessoas se aproximaram para ver o que estava acontecendo, pairando a dúvida se a requerida tinha cometido furto. Ao ver comprovados o ato ofensivo, o dano e o nexo de causalidade, a relatora afirmou que o juízo de Primeiro Grau agiu com moderação, proporcionalmente ao grau de culpa, ao porte financeiro das partes, seguindo doutrina e jurisprudência e observou a natureza punitiva e disciplinadora da condenação. Por isso, considerou a quantia de R$ 10 mil bem cabida. "
Fonte: Jurid Digital

UMA BOA MÚSICA FAZ BEM À SAÚDE: Música reduz estresse em quem sofre de doenças coronárias, diz estudo

"Cientistas dos EUA afirmam que ouvir música pode ajudar no tratamento de pessoas que sofrem com estresse associado a uma doença coronária. "Ouvir música pode trazer benefícios a pacientes que sofrem de estresse e ansiedade associados a um tratamento para doenças coronárias", disse o estudo publicado no "Cochrane Systematic Reviews".
Segundo o relatório, a música tem o poder de diminuir a pressão arterial, o ritmo cardíaco e os níveis de ansiedade nestes pacientes.
"Estas doenças são altamente estressantes por fatores como a incerteza e ansiedade pelo diagnóstico. No entanto, escutar música pode ajudar a aliviar o estresse e, com isso, reduzir outros riscos destes doentes", afirma o estudo.
A equipe de cientistas revisou dados de 23 relatórios anteriores, que englobavam um total de 1.461 pacientes. O grupo concluiu que escutar música proporciona "certo alívio" a quem sofre com doenças do coração e ansiedade.
O pesquisador Joke Bradt, da Temple University da Filadélfia, nos Estados Unidos, explicou que ainda são necessários novos estudos que se concentrem em aspectos mais concretos."
Fonte: Folha on line

NÃO TENHO VERGONHA DE DIZER QUE ACREDITO EM DEUS

Quando tratamos da fé, muitas vezes ficamos intimidados de dizer a alguém que acreditamos em um Ser Superior. Parece que tal afirmação tem um sentido pejorativo, antiquado e medievalesco.
Ao longo do tempo, com o humanismo, o iluminismo e o existencialismo, o homem pretendeu ser e dar respostas a tudo. O conhecimento científico tornar-se-ia a redenção do mundo. A partir dele sairíamos das trevas para a luz. Não haveria mais perguntas sem respostas. O homem passou a ser a medida de todas as coisas.
Não havia mais necessidade das religiões, muito menos de um Deus, com um código de condutas. Liberdade total era a palavra de ordem! A ciência curaria as doenças e homem teria felicidade plena, principalmente porque quebraria as amarras que o prendiam às entidades transcendentes.
Nesse contexto, intelectualidade rimava com racionalismo, ateísmo, negativização do transcendente. Imagine alguém versado nas ciências, dotado de raciociocínio lógico, acreditar em Deus? Absurdo diziam os letrados. Afinal, para eles, a religião era o ópio do povo.
Passaram-se os anos, séculos e as perguntas continuam sem respostas. Cada vez mais assistimos ao desmoronamento moral de nossas instituições. Homens matam com ações primitivas, dantescas e animalescas. Perdeu-se o sentido da fraternidade. Expressar amor é romântico, porém ultrapassado. Agora é o tempo das máquinas, da frenesi, da velocidade. Não há mais hora para “bobagens”: contemplar a natureza?? Só se estiver desempregado ou louco. O que expressam as flores? Nada. São apenas junções de partículas vegetais, sem raciocínio. Não há mais espaço para futilidades. Lá fora o tempo exige de nós uma incessante busca: Dinheiro, Poder, Promoção. E as doenças??? Vixe, havíamos esquecido. As doenças continuam existindo. Matam aos montes. E agora uma tal de depressão está atingindo crianças de todas as idades. E os pais??? Cadê o tempo para cuidar dos filhos??? Pára com isso! afinal criamos a babá-eletrônica. Ela toma conta dessa tarefa.
E a felicidade? Precisa-se de felicidade? O que é felicidade? Não temos tempo para essas divagações. Isso é coisa para filósofo, para nefelibato. Somos homens modernos. Não devemos nos permitir invadir-se de emoções. Aquele lá cometeu um suicídio? Foi mesmo. Ah! Isso foi pura fraqueza dele! Não havia motivos. Espera aí que minha esposa está ao telefone! Só pode ser bronca lá de casa! Meu filho está na delegacia??? Como??? Drogas? Ele usa, eu não sabia??? Resolve por aí que eu estou sem tempo agora, mais tarde conversamos!
Esse o retrato do mundo concebido pelos grandes intelectuais que se deixaram arrastar pelo oceano da relativização. Tudo para a ciência! Tudo para o mercado! Nada para Deus! Enquanto isso a humanidade marcha desordenada, desequilibrada e desorientada. A Civilização está em ruína. Criamos leis para se fazer respeitar. Não entendemos, entretanto, que as leis, pelo seu caráter de coercibilidade, são um atestado de incompetência do Estado diante da sua incapacidade de fazer com que homens e mulheres vivam harmônica e respeitosamente em sociedade.
Mal sabemos que uma visão racionalista extremada arranca de nós a sensibilidade para conhecer a Deus. Principalmente, sua misericórdia, seu amor. Não devemos, todavia, enxergá-lo como um justiceiro implacável, um Criador que adora maltratar suas criaturas. Muito menos concebê-lo como uma muleta para amparar nossas dores, nossas doenças, nossos medos. Deus é bem mais porque é absoluto, infinito. Para Ele devemos viver pelo ideal de justiça: Não apropriar-se do que a alheio. Ganhar a vida com o suor do rosto. Amar ao próximo e cultivar a grandeza de ser bom.
Mais importante ainda: Enxergar no outro a extensão de nós mesmos. Se magoares o outro, estarás magoando a si mesmo; se praticares o mal a alguém, foi para ti mesmo que o praticou. Afinal, somos uma teia indivisível. Não há felicidade de um sem a felicidade de todos. Pertencemos, queiramos ou não, a uma família única: a humanidade. Essa humanidade que é a grande safra de Deus.
Por essa razão não tenho vergonha de dizer que acredito em Deus. Ao contrário, minha crença alimenta minha alma, refrigera meu espírito e me dá forças para continuar vivendo. Faz-me esperar no homem, mesmo nas adversidades. Torna-me menos pretensioso, menos arrogante, menos egocêntrico. Permiti-me apreciar o valor das pequenas coisa escondidas na natureza, nos gestos. E principalmente me traz a Paz!!!

terça-feira, 14 de abril de 2009

DIREITO À SAÚDE: Interesse público não pode prevalecer sobre direito à vida

Já comentei neste blog que meu artigo que será produzido para conclusão da Especialização em Direito Processual Civil versará sobre o Direito à Saúde X Obrigação do Estado. É um tema bastante polêmico. Trago até vocês uma decisão de um Juiz de Mato Grosso sobre o assunto:
"Cabe ao Estado e ao município responsável providenciar tratamento médico indicado a paciente do Sistema Único de Saúde (SUS), consistente na obrigação decorrente dos preceitos da Constituição Federal. Estes devem garantir o tratamento mais adequado e eficaz ao combate da doença acometida, por ser a vida da paciente bem maior que não pode ser suprimido por suposto interesse público.
Por defender esse ponto de vista o juiz da Primeira Vara da Comarca de Sorriso, Wanderlei José dos Reis, deferiu parcialmente antecipação de tutela nos autos do Processo nº 138/2009 a fim de determinar que o Estado de Mato Grosso e o município de Sorriso promovam procedimento cirúrgico no ombro direito de uma paciente em hospital da rede pública ou privada de saúde em Sorriso ou em outro município, dentro ou fora do Estado, conforme prescrição médica. Foi estabelecida multa diária de R$ 1 mil em caso de descumprimento da decisão. Na ação civil pública cumulada com pedido de antecipação de tutela e multa cominatória, o Ministério Público Estadual sustentou o pedido no fato de a paciente ter sofrido lesão no ombro (lesão parcial do manguito ratador) e estar há mais de um ano na espera pelo agendamento do procedimento. Argüiu que a demora na realização da cirurgia teria agravado ainda mais o estado de saúde dela. Para o juiz Wanderlei dos Reis, aos autos foi acostada prova inequívoca da enfermidade, bem como do tempo em que a paciente tem esperado pelo agendamento do procedimento cirúrgico, o que, na avaliação dele, permite aferir a verossimilhança das alegações contidas na peça inicial. Ainda conforme o magistrado, o fundado receio de dano irreparável ou de difícil reparação também está presente, pois se trata de medida necessária para a manutenção da saúde da paciente, configurando-se em medida que não pode ser postergada ao exame final da questão, sob pena de se impor à paciente situação de insustentável degradação. Segundo o juiz, é injustificável que a paciente permaneça aguardando medidas burocráticas para que seja submetida a procedimento e tratamento necessário ao restabelecimento de sua saúde, sobretudo quando não tem condições de custear as despesas relativas ao procedimento."
Fonte: TJMT

MASSAPÊ TERÁ NOVO JUIZ : Dr.ª VERA LÚCIA SALERI

Assume esta semana a titularidade da Comarca de Massapê, a magistrada Vera Lúcia Souza Saleri. Recentemente foi publicada sua remoção da Comarca de IPU para a Comarca de Massapê. Dr.ª Verá terá um grande desafio pela frente: substituir o inesquecível Juiz Dr. Fernando Teles, o qual deixou muita saudade na terrinha. Vamos torcer que a magistrada faça um excelente trabalho. Para isto, basta espelhar-se no que fez Dr. Fernando.

REMINESCÊNCIAS: UM DIA EU FUI UM BEBÊ...


Ao olhar esta foto amarelada pelo tempo, recordo-me que um dia fui um bebê como hoje o é meu rebento Carlos Filho. À epoca, tinha a sua idade: 7 meses de vida. Na foto estou aconchegado de minha mãe. Ah! como aquele abraço afetuoso me dava paz! Com a alegria de Deus, ainda hoje tenho o prazer de tê-la ao meu lado.
O tempo passa mas a essência estar em sentir cada momento como único. Não me sinto mais velho, ao contrário cada vez mais a juventude está na minha alma. Obrigado, Meu Deus!

COLÉGIO LUCIANO FEIJÃO REALIZA O II WORKSHOP PROFISSÕES

O Colégio Luciano Feijão realizará, no sábado (18/04/2009), a partir das 18 horas, no Centro de Convenções, o II WORKSHOP PROFISSÕES. O evento terá início com a palestra "Escolha Profissional, Maturidade e Empreendedorismo" do festejado advogado DR. Sérgio Sobreira, o qual é sócio efetivo da Academia Brasileira de Oratória. Após a palestra, teremos a visitação aos estandes com mais de 13 profissões. A entrada é franca e o evento é imperdível.

PACTO REPUBLICANO: REALIDADE OU COISA PARA INGLÊS VER?

"A celebração, pela cúpula dos Três Poderes da República, do Pacto de Estado por um Sistema de Justiça mais Acessível, Ágil e Efetivo, ocorrida ontem em Brasília, é um fato inusitado. Mas foi o caminho juridicamente encontrado para acelerar as decisões judiciais, aprovar projetos relevantes no Congresso Nacional e estabelecer rígido controle da Polícia Judiciária.Pela primeira vez, os presidentes dos Três Poderes reconhecem os excessos praticados por agentes públicos encarregados de fazer cumprir a lei e partem para fixar limites em suas ações. Ao mesmo tempo, se comprometem em tornar realidade a revisão das leis penais, combater o abuso de autoridade, cercar as decisões judiciais da proteção do Estado contra o crime organizado e a lavagem de dinheiro, além da perda e alienação antecipada de bens apreendidos.Executivo, Legislativo e Judiciário, com esse compromisso formal, partem para enfrentar a criminalidade, muitas vezes oriunda dos porões intocáveis do poder público. Por ele, o Legislativo se compromete a dar celeridade à votação de projetos de alteração do Código Penal, tipificando os crimes cometidos por grupos de extermínio e de milícias.Nesse esforço conjunto, a Lei de Execução Penal será alterada para possibilitar o aperfeiçoamento do sistema carcerário. Ao Poder Executivo caberá a iniciativa de propor projetos de lei arrolando como crime o uso indevido de algemas e a exposição inadequada de presos por parte de policiais. Os abusos de autoridade, comuns entre os agentes repressores, merecerão penas mais rígidas num elenco de medidas voltadas aos excessos praticados.
Na fase policial, os acusados terão acesso aos autos do processo por meio de seus advogados. As recusas por parte dos delegados à frente das diligências implicarão em punições. O Pacto impõe aos responsáveis pela investigação e repressão uma nova ética policial. Por isso, o comportamento policial irregular poderá resultar em prisão por até dois anos.O uso criminoso do grampo telefônico tornou-se rotina nos últimos dias, com ou sem permissão da Justiça. Esse vezo estaria alcançando desde simples cidadãos até autoridades da República. Essa prática delituosa, afrontando os direitos e as garantias individuais asseguradas constitucionalmente à cidadania, merecerá novo ordenamento dentro da legislação infraconstitucional a ser proposta.Ainda no âmbito do Legislativo, haverá modificações na sistemática de funcionamento das Comissões Parlamentares de Inquérito (CPIs), impedindo os vexames impostos aos depoentes.O Judiciário, por sua vez, buscará concluir a sua reforma estrutural. O julgamento de lideranças de facções criminosas, em primeiro grau, poderá ser feito por um colegiado específico de magistrados.Para evitar que todas essas ações se tornem desconexas, será criado o Comitê Interinstitucional de Gestão do Pacto Republicano. Seus desdobramentos irão contribuir, sem dúvida, para tornar a Justiça mais próxima do cidadão."
Fonte: Diário do Nordeste (14/04/09)
VAMOS NÓS: Não que pesem as boas intenções dos representes dos Poderes Executivo, Judiciário e Legislativo, tal fato me fez lembrar da história do treinador que dá dicas ao seu time de como enfrentar o adversário e chegar na cara do gol. Tudo muito fácil, só que ele se esqueceu de combinar com o outro time. Afinal, de boas intenções o inferno está cheio!
Tratar de um Pacto Republicano requer não apenas um gesto, uma sinalização, mas acima de tudo um compromisso firme para que as coisas aconteçam. No último realizado, foram poucas as propostas que se concretizaram em inovação legislativa. Passaram em brancas nuvens!
Agora, assistimos mais uma vez ao mesmo teatro, sob a égide dos holofotes, reunindo idéias louváveis. Daí para a sua concreção a distância é abissal. É salutar destacar que qualquer renovação legislativa requer um comprometimento do Congresso Nacional. Agora vem a pergunta: Como discutir abuso de autoridade, corrupção, mazelas outras, a meio do bombardeio de críticas que ora afeta a legitimidade das Casas Legislativas? O Senado virou uma ninho de imoralidade... E assim por diante.
O que é mais grave: Não vislumbro nesse pacto uma discussão sobre os princípios que norteiam a administração pública, inculpidos no art. 37 da Magna Carta. Creio que a revitalização da moral, da ética é sobremaneira ponto preponderante para a discussão de um pacto republicano. Enquanto persistir o jeitinho brasileiro, herança de um Estado patrimonialista, toda mudança será ficção.
Não creio em mudanças de fora para dentro, mas ao contrário: mude o homem por dentro que você mudará o mundo. Em síntese: Tudo passa pela educação. Essa revolução silenciosa tem a sua razão de ser. Seremos melhores à medida que nos entendermos como partes de uma teia única e indivísivel - a humanidade.

segunda-feira, 13 de abril de 2009

CRISE INTERNACIONAL: AS LIÇÕES QUE DEVEMOS APRENDER

Muito se tem debatido sobre o efeito da crise econômica no cenário mundial. Já tratei neste blog que o liberalismo, quando exacerbado, cria instrumentos nefastos que afetam o equilíbrio das relações econômicas. Há uma especulação desordenada e fantasiosa que faz surgir riquezas virtuais da noite para o dia; não se produz, se investe buscando lucro fácil. Perde-se a oportunidade de se edificar fundamentos econômicos sólidos. Ao contrário, estabelece-se um pacto nada virtuoso de investimentos temerários que ao menor sinal de tempestade mudam de lugar à procura de bonança.
Não acredito em um sistema que a força produtiva é relegada a segundo plano, enquanto a especulação grassa soberana. Como corolário desse caótico quadro, assistimos ao desmantelamento de economias que outrora se mantinham incólumes diante das crises. Isso prova que em mundo globalizado por mais que você faça o dever de casa, dependerá sempre do outro para o equilíbrio de todo o sistema.
Daí é imperioso a formação de um Conselho Mundial que acompanhe de perto o funcionamento dos mercados, não com um propósito regulatório ortodoxo, inconcebível nos tempos atuais,mas sim, sobremaneira, como mecanismo de freio às insanidades praticadas no cenário econômico mundial.
Importa, ainda, trazer à baila, que os países mais ricos deverão estar atentos às lições desta crise. Não há economia suficientemente forte que esteja protegida contra o mau tempo, se os fundamentos sistêmicos permanecerem fragilizados pelo calor das ideologias, pela prepotência e pelos interesses menores.

Universidades federais e MEC formam comitê para elaborar vestibular unificado

"As universidades federais e o Inep (Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) vão formar um comitê para elaborar o modelo do novo vestibular unificado proposto pelo MEC (Ministério da Educação). A previsão do MEC é aplicar o novo vestibular a partir de outubro deste ano.
A prova, que será uma reformulação do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), poderá servir como processo seletivo para todas as universidades federais. A proposta foi discutida nesta segunda-feira entre ministro da Educação, Fernando Haddad, e os 55 reitores dessas instituições.
"É muito importante para o ministério sentir essa sensibilidade dos reitores. Nós abrimos a possibilidade para que as instituições pudessem opinar para que o modelo seja ajustado às necessidades das universidades e dos estados", afirmou.
A ideia é que as secretarias estaduais de educação, responsáveis pela oferta do ensino médio na rede pública, também participem desse comitê. De acordo com o ministro, ainda não é possível contabilizar quantas universidades querem aderir à prova. Mas, segundo ele, a proposta é vista com "simpatia" pelos reitores.
O MEC prometeu enviar às universidades, no prazo de 48 horas, um termo referencial com detalhes técnicos sobre o exame. Com isso, segundo o presidente da Andifes (Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior), Amaro Lins, a proposta será levada aos conselhos superiores de cada universidade.
De acordo com o modelo apresentado hoje, o aluno do ensino médio poderá prestar o vestibular unificado e, após obter sua nota, se inscrever nas instituições em que quer disputar uma vaga. A ideia é que ele possa eleger cinco opções --entre cursos e instituições-, em ordem de preferência. Se a nota não for suficiente para que ele ingresse no curso escolhido como primeira opção por exemplo, ele pode conseguir uma vaga na segundo opção selecionada. O estudante poderá se inscrever tanto em cursos de uma mesma instituição, quanto em instituições distintas.
"Ele terá que hierarquizar suas preferência e a partir disso o estudante será selecionado. Todo mundo tem a sua nota e vai verificar em que instituição tem mais chance. Será um sistema online em que o estudante poderá acompanhar diariamente o número de candidatos com quem ele está disputando as vagas. Se ele achar que não tem condições de sucesso, ele poderá rever essa inscrição até a data limite", disse Haddad.
O modelo proposto pelo ministério é semelhante ao utilizado para selecionar os bolsistas do ProUni (Programa Universidade para Todos).
Implantação
A previsão do MEC é aplicar o novo vestibular em outubro. Mas hoje, durante a reunião, alguns reitores manifestaram a necessidade de que a prova fosse adiantada. Isso para atender o desejo de algumas instituições de aplicar, além do vestibular unificado, uma segunda fase durante o processo seletivo. O ministro afirmou que não sabe se o Inep teria condições de alterar o calendário de 2009. Ele também não quis definir um número mínimo de adesões para que o novo vestibular seja aplicado ainda esse ano.
O novo Enem será formado por quatro provas e uma redação que devem ser aplicadas em dois dias. A ideia é que sejam realizados testes de linguagens e códigos, matemática, ciências naturais e ciências humanas, cada um com 50 itens."
Da Agência Brasil

MUDANÇAS NO VESTIBULAR E CRISE ECONÔMICA

A Revista Veja desta semana traz matérias muito interessantes. Uma delas sobre a mudança no Vestibular proposta pelo Minstério da Educação. A outra, uma entrevista muito bacana com o professor Francis Fukuyama, autor do livro, O FIM DA HISTÓRIA. Fukuyama faz uma análise da crise internacional e chama atenção para a teoria do Estado Mínimo. Embora mantenha sua tese de que o liberalismo é o caminho, alfineta a liberdade excessiva do mercado, pugnando por um mecanismo de regulamentação que garanta o equilíbrio das relações econômicas.
Sobre a América Latina, o autor afirma que o crescimento latino-americando foi interrompido pela instabilidade política. Segundo ele este é o motivo do abismo entre os EUA e os demais países. Nos EUA somente uma guerra civil (1861-1865) gerou certa instabilidade, em um único momento da história. Por outro lado, os demais países latinos, com frequência, viveram crises institucionais de grande monta.

VOLTANDO AO BATENTE APÓS A SEMANA SANTA

Tivemos um período de hibernação, mas estamos voltando ao batente. Foram dias de leitura e profundas reflexões. Voltamos robustecido e com muita energia. Em breve voltaremos a blogar com força total.

sábado, 11 de abril de 2009

quarta-feira, 8 de abril de 2009

O BLOG VAI TIRAR UNS DIAS DE FÉRIAS

Meus prezados leitores e amigos,

Estou indo amanhã cedo para minha Pasárgada, acompanhar os atos litúrgicos da Semana Santa. Vou levando comigo uma bolsa de livros com o desiderato de degustá-los nos dias que virão. Diante de tal fato, só retorno ao batente na segunda-feira, portanto, até lá, vou tirar umas férias do Blog. Um abraço a todos e uma Páscoa de muita luz!!!

AOS MEUS LEITORES E AMIGOS, FELIZ PÁSCOA!!!!!


Pensei em deixar uma mensagem de Páscoa para os meus diletos leitores. Tentei encontrá-la nos livros, na Internet. Pensei melhor e cheguei à conclusão que muitas mensagens, apesar de belas, tornam-se repetitivas. Resolvi fazer diferente:


NESTA PÁSCOA DESEJO QUE VOCÊ MUDE DE VIDA: NÃO ADIE SEUS PROJETOS, NÃO IGNORE OS PROBLEMAS. DEIXE A PREGUIÇA DE LADO. ACREDITE NAS PESSOAS.SAIA DA ZONA DE CONFORTO. ATIRE-SE NA VIDA COMO ALGUÉM QUE AMA PERDIDAMENTE.SEJA FIEL A SUA MISSÃO.

FOI ASSIM QUE JESUS VENCEU A MORTE!

FELIZ PÁSCOA PARA TODA A FAMÍLIA!!!!!

DICA DE LEITURA: JESUS DE NAZARÉ, de Joseph Ratzinger


Nada melhor, durante a Semana Santa, do que degustar uma boa leitura. A propósito, indico o livro "JESUS DE NAZARÉ" (Editora Planeta), de Joseph Ratzinger. A obra é genialíssima! Foi escrita antes e após a ascensão do autor ao Bispado de Roma. Quis ele representar o Jesus dos Evangelhos como o "Jesus real", como o "Jesus histórico", no seu sentido autêntico. Dá ao filho de Deus a conotação de uma figura racional e manifestamente histórica.

O livro contempla uma análise do Batismo no Jordão até a Transfiguração. Nesse contexto perpassa por um olhar sobre o mistério de Jesus, seu batismo, as tentações que Ele sofreu. Insculpe um painel magistral do Sermão da Montanha e da Oração do Pai Nosso. Na sequência, traça os caminhos dos discípulos, investiga as mensagens das parábolas e termina por perscrutar as duas balizas importantes no caminho de Jesus: a confissão de Pedro e a Tranfiguração. Ao final, lança luzes sobre as auto-afirmações de Jesus: "Eu sou" "O filho do Homem".

Não há como não se encantar, independente da religião professada, sobre os passos de Jesus sobre a terra. Sua mensagem é arrebatadora. Construiu os pilares da civilização ocidental. Lamento, entretanto,que muitas vezes damos muita ênfase aos milagres praticados por Jesus. Não que tais atos não sejam importantes, todavia é preciso ressaltar que o mais importante é a sua palavra, a sua pregação. Nela colhemos frutos saborosos de sabedoria. Aprendemos a amar, a solidarizar-se. Assumimos um compromisso pela felicidade do próximo e nos permitimos nos compreender como irmãos e irmãos, pertecentes a uma teia indivísivel das criaturas de Deus. O filho (Jesus) se fez obediente até a morte, a morte infamante na cruz. Sua obediência nos promove uma reflexão profunda: Somos focados em nossa missão? Somos ansiosos? Nossas metas são cumpridas? Como nos comportamos diante das adversidades da vida?

Se queres respostas a tais indagações, investigue silenciosamente os Evangelhos e lá você encontrará uma riqueza incomensurável. Saberá entender a importância da partilha e da construção da liderença consciente. Mais que filho de Deus, Jesus foi o maior "Líder que já existiu".

terça-feira, 7 de abril de 2009

REALIDADE DRAMÁTICA: Quase um milhão está na extrema indigência no CE


"Pesquisa do Laboratório de Estudos da Pobreza, do Caen, levantou a problemática e aponta soluçõesQuase um milhão de pessoas em extrema indigência. Não, não se trata da condição da população de algum país africano, e sim de 11,86% dos habitantes do Ceará. Ou seja, no Estado, precisamente 991.120 pessoas sobrevivem com 1/8 do salário mínimo por mês. Ainda são alarmantes, também, o total de indivíduos na indigência (renda per capita de 1/4 do salário mínimo) e na pobreza (1/2 piso salarial), em todo o território cearense, de 2,2 milhões (26,37% da população) e 4,3 milhões (52% do total), respectivamente. Os dados fazem parte do estudo “Mapa da Extrema Indigência no Ceará e o Custo Financeiro de sua Extinção”, elaborado pelos pesquisadores Carlos Alberto Manso e José Arnaldo Silva dos Santos, sob a coordenação do economista e professor Flávio Ataliba Barreto, do Laboratório de Estudos da Pobreza (LEP), ligado ao Centro de Pós-Graduação em Economia da Universidade Federal do Ceará (Caen/UFC). “Essa situação de extrema indigência nos avilta, nos humilha, enquanto sociedade. Imaginávamos que os números eram alarmantes, mas não tão monumentais”, resume Flávio Ataliba. O levantamento será apresentado hoje, em audiência pública na Assembléia Legislativa, a partir das 14 horas, numa proposição das comissões de Educação e Desenvolvimento Social. O objetivo é debater a criação de políticas públicas para a superação do que os pesquisadores chamam de “quadro complexo e perverso."
fonte: Diário do Nordeste (06/04/2009)
VAMOS NÓS: A matéria publicada pelo Diário do Nordeste cai como uma bomba para aqueles que enxergam o Ceará como uma ilha da prosperidade. Cerca de 1 milhão de cearenses vive como indigente em nosso estado. A propósito, Darcy Ribeiro já dizia no livro "O POVO BRASILEIRO" que se perpetua no Brasil uma indústria geradora de miséria social. São grupos afortunados que detêm os poderes políticos e econômicos e que manipulam todo o processo de produção e de riqueza, em detrimento da massa de miseráveis que são colocadas à margem da sociedade. Para elas a dor, o esquecimento, a humilhação.
Durante muitos anos, o "Governo das Mudanças" decantou em verso e prosa que o Ceará era uma ilha da prosperidade. Como os números não mentem, o quadro retratado pela pesquisa enseja o uso da boa razão. Como pode uma política concentradora de renda, uma educação pública aos frangalhos, a inércia de ações criativas fazerem gerar uma ilha de prosperidade. Somente um fato leva a isso: a massificação da propaganda oficial que ludibriou as pessoas e criou uma falso encantamento.
Raymundo Faoro, eminente jurista e historiador, já dizia desse insidioso processo de perpetuação da miséria em seu livro "OS DONOS DO PODER". Passaram-se décadas e o que ora se assiste é a repetição de um triste quadro de negligência na adoção de políticas públicas e de plataforma administrativa, fato lamentável que já prospera anos a fio, levando gerações ao desalento e à falta de oportunidades.
E indagam. depois, por que cresceu a violência???!!! Dever-se-ia questionar como estamos construindo um espaço propício à proliferação da violência no Ceará, quando nos negamos a incluir socialmente milhares de homens e mulheres que, como criaturas humanas, têm direito ao trabalho e à vida digna.
O resultado assombroso dessa pesquisa não é nenhuma novidade. Mas pelo menos serve para calar políticos inescrupulosos que arrotam discursos famigerados e mentirosos sobre o Estado do Ceará.

SOBRE A MUDANÇA NO VESTIBULAR DAS FEDERAIS: Universidades federais e MEC formam comitê para elaborar vestibular unificado


"As universidades federais e o Inep (Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) vão formar um comitê para elaborar o modelo do novo vestibular unificado proposto pelo MEC (Ministério da Educação). A previsão do MEC é aplicar o novo vestibular a partir de outubro deste ano.
A prova, que será uma reformulação do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), poderá servir como processo seletivo para todas as universidades federais. A proposta foi discutida nesta segunda-feira entre ministro da Educação, Fernando Haddad, e os 55 reitores dessas instituições.
"É muito importante para o ministério sentir essa sensibilidade dos reitores. Nós abrimos a possibilidade para que as instituições pudessem opinar para que o modelo seja ajustado às necessidades das universidades e dos estados", afirmou.
A ideia é que as secretarias estaduais de educação, responsáveis pela oferta do ensino médio na rede pública, também participem desse comitê. De acordo com o ministro, ainda não é possível contabilizar quantas universidades querem aderir à prova. Mas, segundo ele, a proposta é vista com "simpatia" pelos reitores.
O MEC prometeu enviar às universidades, no prazo de 48 horas, um termo referencial com detalhes técnicos sobre o exame. Com isso, segundo o presidente da Andifes (Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior), Amaro Lins, a proposta será levada aos conselhos superiores de cada universidade.
De acordo com o modelo apresentado hoje, o aluno do ensino médio poderá prestar o vestibular unificado e, após obter sua nota, se inscrever nas instituições em que quer disputar uma vaga. A ideia é que ele possa eleger cinco opções --entre cursos e instituições-, em ordem de preferência. Se a nota não for suficiente para que ele ingresse no curso escolhido como primeira opção por exemplo, ele pode conseguir uma vaga na segundo opção selecionada. O estudante poderá se inscrever tanto em cursos de uma mesma instituição, quanto em instituições distintas.
"Ele terá que hierarquizar suas preferência e a partir disso o estudante será selecionado. Todo mundo tem a sua nota e vai verificar em que instituição tem mais chance. Será um sistema online em que o estudante poderá acompanhar diariamente o número de candidatos com quem ele está disputando as vagas. Se ele achar que não tem condições de sucesso, ele poderá rever essa inscrição até a data limite", disse Haddad.
O modelo proposto pelo ministério é semelhante ao utilizado para selecionar os bolsistas do ProUni (Programa Universidade para Todos).
Implantação
A previsão do MEC é aplicar o novo vestibular em outubro. Mas hoje, durante a reunião, alguns reitores manifestaram a necessidade de que a prova fosse adiantada. Isso para atender o desejo de algumas instituições de aplicar, além do vestibular unificado, uma segunda fase durante o processo seletivo. O ministro afirmou que não sabe se o Inep teria condições de alterar o calendário de 2009. Ele também não quis definir um número mínimo de adesões para que o novo vestibular seja aplicado ainda esse ano.
O novo Enem será formado por quatro provas e uma redação que devem ser aplicadas em dois dias. A ideia é que sejam realizados testes de linguagens e códigos, matemática, ciências naturais e ciências humanas, cada um com 50 itens."
Fonte: Folha on line

VESTIBULAR DA UVA 2009.2 É ANTECIPADO PARA O DIA 28 DE JUNHO

Boa notícia para os vestibulandos da Zona Noroeste. O Vestibular 2009.2, da Universidade Estadual Vale do Acaraú foi antecipado para o dia 28 de junho do corrente ano (Confira Edital no site da UVA). Com essa mudança ganham os alunos e os professores que não mais precisarão trabalhar durante suas férias. Essa foi sempre uma luta do Colégio Luciano Feijão. Agradeço ao Professor Portela, Diretor do CEV, por ter atendido nosso pleito.

segunda-feira, 6 de abril de 2009

ENCONTRADA A VERDADEIRA LISTA DE SCHINDLER

"A lista preparada pelo industrial alemão Oskar Schindler, que ajudou a salvar mais de mil judeus dos campos de concentração na Segunda Guerra, foi encontrada em uma biblioteca de Sydney, na Austrália. A instituição não sabia que estava de posse do documento.
A lista foi encontrada em meio a notas de pesquisa e recortes de jornais alemães usados pelo escritor australiano Thomas Keneally, autor do livro A arca de Schindler, em que se baseou o filme A lista de Schindler, de Steven Spielberg.
A biblioteca obteve a lista quando comprou o material de pesquisa de Keneally em 1996.
A lista contém 13 páginas amareladas, onde estão escritos os nomes e nacionalidades de 801 judeus e foi descrita como um dos documentos mais poderosos do século XX.
- Ela salvou 801 vidas das câmaras de gás... é uma peça histórica incrivelmente tocante - disse a co-curadora da biblioteca Olwen Pryke.
Segundo Pryke, nem a biblioteca nem o livreiro, de quem comprou o material, se deram conta de que a lista estava entre os documentos.
A lista foi datilografada apressadamente em 18 de abril de 1945, ao fim da Segunda Guerra, e compilada por Oskar Schindler.
Durante a Segunda Guerra, Schindler dirigiu uma fábrica na Cracóvia, Polônia, onde usou mão de obra judia. Horrorizado com a conduta dos nazistas ele conseguiu convencer oficiais de que seus funcionários eram essenciais para os esforços de guerra e não deviam ser enviados a campos de concentração.
A lista foi entregue ao escritor australiano Thomas Keneally em uma loja em Los Angeles, quase 30 anos atrás, por uma das pessoas que Schindler ajudou a escapar, Leopold Pfefferberg. Pfefferberg queria que o escritor contasse a história da lista."
Para mais notícias, visite o site da BBC Brasil
VAMOS NÓS: A ação de Oscar Schindler é merecedora do nosso reconhecimento. Lembra uma das fases mais negras da história mundial. O Nazismo tornou-se símbolo do horror. Não podemos esquecer dos acontecimentos trágicos que deixou o mundo perplexo. Lembrar nos faz estar sempre em alerta para que o mundo não mais seja vítima dessa insidiosa moléstia.

SE DEUS É BOM, POR QUE O MAL EXISTE?

Foi esta pergunta feita a mim, neste final de semana, pelo amigo Dr. Mesquita, grande urologista radicado na Capital do Estado. Depois de um longo bate-papo filosófico, esta indagação caiu como um estalo: POR QUE O MAL EXISTE?
De imediato respondi a ele com uma outra indagação: Se o "mal" não existisse, como saberíamos o que era o "bem"? Na verdade, só conseguimos distinguir as coisas a partir de um referencial. A existência do bem é aquilatada a partir de sua antítese, isto é, a percepção do mal. Sabemos que uma pessoa é boa quando tem uma conduta honrada, pratica boas ações, respeita seu semelhante. Tal fato nos é apercebido porque contrastamos com a ação daqueles que praticam o mal: são pessoas de conduta duvidosa, egoístas, desonestas. Nesse contexto, percebemos que o mal se constitui, na verdade, da ausência do bem. Onde o bem não se assenta, o mal se irradia.
Trazendo o debate, agora, à primeira parte da indagação: Se Deus é bom, por que o mal existe? Naturalmente esta dúvida cerca a humanidade. Como pode o Deus da bondade permitir o mal? Para entendermos tal questionamento é preciso, primeiramente, atentar-se para a compreensão que Deus é Justiça. Sendo Justiça seu imperativo é o BEM. O homem é sua criação, daí por que deveria representar sempre o bem. E por que não age dessa forma? Não age dessa forma porque lhe foi dado o livre-arbítrio. Foi permitido ao homem a liberdade de fazer escolhas, de tomar atitudes. Afinal, se a inteligência Divina assim não tivesse concebido a natureza humana, não seríamos homens, mas sim autômatos - pessoas predispostas a agir de maneira única por um manual de conduta universal. Como consequência perderíamos nossa liberdade, nossa individualidade e nossa capacidade criativa.
Sei que o preço do livre-arbítrio é muito caro para Deus. Imagino sua dor diante das atrocidades praticadas, ao longo da história, por suas criaturas. Mas se Ele, do alto de sua sabedoria, não aceitasse esse destino manifesto, poria em extinção sua própria obra, uma vez que tiraria do homem a capacidade de ser bom, não pela imposição, mas sim pela escolha voluntária.