Pular para o conteúdo principal

Postagens

RELACIONAMENTO E FELICIDADE: NÃO DEIXE NINGUÉM ROUBAR A SUA SUBJETIVIDADE

Postagens recentes

POR QUE O BRASIL PERDEU ? 4 LIÇÕES QUE A DERROTA NOS ENSINSA

VIDA LÍQUIDA: CHEGAMOS A ERA DA IDIOTIA E DA MEDIOCRIDADE

A DOR DE CABEÇA DAS DÍVIDAS - LANÇAMENTO DO CANAL PEZINHO NO CHÃO

A DOR DE CABEÇA DAS DÍVIDAS - LANÇAMENTO DO CANAL PEZINHO NO CHÃO

O TEMPO

... Devora os sonhos, faz murchar as flores!
Dá adeus à mocidade, enruga a linda face,
Faz da morte a companheira e da vida o seu algoz.
Mas também só o tempo...
Arranca de nós o orgulho, faz brotar a humildade e nos devolve a certeza que somos pó e ao pó voltaremos.
E se a vida é tão breve,
Só o tempo, faz-nos contemplar o belo, deixar por menos o rancor,
Aprender com os fracassos, ter compaixão para com o outro, abrir o coração para o novo.
Só tempo...
Faz-nos esquecer das dores sentidas, curar os amores perdidos, sepultar as ambições desmedidas.
Só tempo...
Faz-nos enxergar a beleza da vida, a efemeridade dos dias e o galope dos ventos.
Só o tempo...
Nos torna mais irmãos, mais fraternos e mais necessitados um do outro.
Só tempo...
Faz-nos refletir que cada minuto é precioso para amar, perdoar e estar próximo.
Só tempo...
Livra-nos da prepotência, da empáfia, do egoísmo e da ausência de Deus.
Por isso, que cada um de nós veja o passar dos dias não como algo que nos aproxima da morte, até porque não…

QUE NASÇA UM NOVO ANO, QUE SE CONSTRUA UMA NOVA HISTÓRIA

O que nos separa da felicidade? Essa questão muito nos inquieta em um mundo impermanente e com profundas adversidades. A saga do homem no planeta terra sempre foi marcada pelos conflitos de ordem moral, econômica e emocional. Hobbes já nos chamava atenção para o fato de o homem ser o lobo do próprio homem. Afinal, o que queremos e desejamos para nossas vidas?Eis uma questão a ser respondida.
Enquanto divagamos filosoficamente, assistimos estarrecidos ao desmoronamento das instituições que deveriam ser esteios para o organismo social equilibrado: a Família, o Estado. Assombrados estamos com o mais absoluto desprezo de muitos para com as suas vidas e a vida de seus semelhantes, como no caso recente da morte do ambulante no metrô em São Paulo e milhares de mortes inocentes nos conflitos da Síria e outros mais pelo mundo afora. Como um relâmpago que corta a escuridão da noite, assim também a mensagem que nos foi deixada pelo homem de Nazaré, ajuda-nos a encontrar a luz num cenário de tre…