terça-feira, 24 de novembro de 2009

RESULTADO VESTIBULAR UFC 2010 - DIA DE EMOÇÃO

Desdo cedo a equipe do Colégio Luciano Feijão acompanha o Resultado do Vestibular UFC 2010, 1.ª Fase. Neste ano, foram 260 aprovações, 5 primeiros lugares e 33 aprovados em Medicina. Parabenizo ao alunado pelo sucesso, com especial deferência ao meu sobrinho Roberto Amâncio que alcançou o 1.º lugar em Publicidade e Jornalismo, curso oferecido pela UFC de Fortaleza.
Mais uma vez o Colégio Luciano Feijão mostra por que é Escola do interior do Ceará que mais aprova no Vestibular UFC.

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

A VIDA COMO ELA É...O MUNDO EM QUE VIVEMOS

Passei hoje por uma experiência nada interessante: Por volta das 14 horas minha esposa foi assaltada nas proximidades do Detran, na cidade de Sobral. Com ela, Graças a Deus, nada aconteceu. Levaram sua bolsa com documentos, máquina digital e alguns trocados.
Fiquei pensando o quanto estamos inseguros e desprotegidos. Graças à mão Divina os larápios nada contra ela fizeram. Fui até a Delegacia Civil lavrar o Boletim de Ocorrência. Encontrei uma fila descomunal e um único escrivão. Pasmem! Tive que me valer das velhas amizades e fui atendido por um amigo conterrâneo de nome Wilkens. Prestei as informações com o único intuito de resguardar uma possível utilização dos documentos da minha esposa. Afinal, a polícia não age. Investigação não existe. E tudo fica por isso mesmo!
Sinto-me feliz em poder contar uma história sem um final trágico. Fico pensando naqueles que perderam seus entes queridos nas mãos de meliantes que hoje estão impunes e continuam matando por nada, por um celular ou coisa parecida. A vida perdeu seu valor. Somos reféns de loucos de toda ordem.
Agora resta-me mais uma vez agradecer ao Criador por ter protegido minha esposa e aos amigos que me foram solidários.

domingo, 22 de novembro de 2009

PADRE JOÃO BATISTA FROTA LANÇA O LIVRO “NAS PEGADAS DE JESUS”



Ainda não tive o prazer de ler o livro recém-lançado pelo conterrâneo Padre João Batista Frota. Em breve com certeza comentarei com vocês. Padre João é massapeense, embora radicado em Sobral há muitos anos. Tenho por ele uma profunda admiração. Não tenho dúvida de que se trata de uma excelente leitura. Li na última edição de o Jornal Correio da Semana um belo artigo do Professor Teodoro Soares e resolvi transcrever in verbis:



Monsenhor João Batista Frota, professor emérito da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA), depois de publicar “Marcos de esperança” e “Construindo o amanhã”, lança nesta semana seu mais recente livro “Procurando as pegadas de Jesus”.
Padre João nos faz viajar com ele, ao descrever cenários e circunstâncias de sua viagem ao Oriente, ora de trem que chega a perder numa estação, ora de navio que lhe faz dançar sem querer.
Seu trajeto inclui espiritualidade e realidade hodierna. Preparado para recitar o salmo 122 (“nossos passos já se detêm às tuas portas, Jerusalém”), ele foi tomado pela balbúrdia dos meninos que disputavam entre si o direito de lhe carregar as bagagens por uns trocados.
Antes de chegar a Terra Santa, João Batista passa por Damasco, vai à casa de Ananias, onde Paulo, por quem tem especial simpatia, converteu-se e foi batizado.
O livro retrata, de forma clara e bem escrita, uma experiência existencial de busca profunda do ser absoluto, do filho de Deus, a palavra que se fez carne para redimir a humanidade. O Cristo histórico, que viveu na Galiléia no início de nossa era, completou a revelação divina. Com sua morte e ressurreição, veio salvar todos os homens, criando a sua igreja. Deixou este mandamento com promessa: “Ide e ensinai todas as nações, batizando-as em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Estarei convosco todos os dias até a consumação dos séculos.”(Mt. 28: 18-20)
Na sua viagem a Terra Santa, M ons. Frota quis encontrar-se com Jesus Cristo, seguir suas pegadas, bem como definir sua ação como seguidor e discípulo, notadamente no exercício do sacerdócio junto aos pobres do semiárido no Ceará.
Padre João não se deixou deslumbrar pela suntuosidade e demonstração de poder da Igreja Católica em Roma. Ao contrário, serviu de contraste e discernimento para seu ministério. Os pobres, sua principal atenção. Segue o exemplo de dom Helder Câmara, nosso santo cearense, que quis ser igual a Jesus Cristo no serviço aos pobres, aos perseguidos, aos excluídos de todo sorte.
No Oriente, foi atraído por uma comunidade formada por padres operários inseridos no meio popular, onde trabalhavam para seu próprio sustento e davam testemunho. Foi assim, que ele trabalhou como servente de pedreiro, na Jordânia, e agricultor, no Kiboutz Degania Alef, lavrando a terra, numa plantação de bananeiras.
Depois de procurar as pegadas de Jesus, padre João jamais deixou de segui-Lo de perto. Ele esteve onde Jesus chorou, onde ensinou o pai nosso, onde anteviu seu sofrimento. No alto, de onde se vislumbra Jerusalém. Uma experiência marcante que orientou sua vida espiritual e sua forma de pregar o evangelho, na simplicidade que o aproxima dos pobres sem afastá-lo dos ricos. Todos, filhos de Deus e carentes de Sua palavra.
Num texto cativante, padre João nos mostra o Oriente, de onde trouxe especiarias preciosas e compartilha conosco de forma generosa. Um companheiro de viagem agradável, a nos guiar por paragens geográficas e espirituais, que vão marcar a vida de cada leitor.

UNIVERSIDADE ESTADUAL VALE DO ACARAÚ - UVA REALIZA MAIS UM VESTIBULAR


Hoje estive o dia inteiro acompanhando o Vestibular da UVA, edição 2010.1. Cerca de 8 mil candidatos estão concorrendo às vagas oferecidas pela Instituição. A grande procura só comprova o fato da importância da formação universitária para inserção no mercado de trabalho. Cada vez mais o estudo é ponto de partida para o sucesso profissional. Desejo aos pré-universitário muito sucesso nessa empreitada.

Nesse momento estou no Colégio Luciano Feijão, com uma equipe de 30 professores, preparando o comentário das provas. Na madrugada, o aluno disporá do livrinho com a resolução das questões.

EU VOLTEI..VOLTEI PARA FICAR


Venho lutando há meses para retornar ao contato diário com vocês. Parece que agora tudo vai se normalizar. Resolvi os problemas técnicos e espero trazer esse blog à sua rotina. Sei que continuarei a enfrentar problemas de tempo. O final do ano sempre faz acelerar nossas atividades laborativas. Vou esforçar-me no sentido de postar coisas interessantes e alguns comentários curtos para a nossa reflexão. Agradeço aos amigos leitores pelos e-mails enviados perguntando sobre o blog. Taí o mascote feliz da vida!!!