Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2014

Festa para os 172 anos do Becco do Cotovelo

Uma festa com direito a “chorinho e muito samba”, marcou a comemoração do aniversário de 172 anos do mais tradicional espaço público sobralense, o Becco do Cotovelo, outrora rebatizado pelo ex-senador piauiense, Mão Santa, como “Corredor Nacional da Democracia”.
O prefeito de Sobral, Veveu Arruda, puxou a lista de autoridades presentes a solenidade, organizada pelo comunicador Ivan Frota, pelo Centro Cultural Dom José e pela Associação dos Amigos do Becco. A vereadora Christianne Coelho, autora da proposta aprovada nessa semana que institui o dia 18 de outubro como Dia Municipal do Becco do Cotovelo, também esteve presente a solenidade, assim como outros vereadores, secretários municipais e os mais importantes convidados da festa, as pessoas comuns que circulam e trabalham na região.
O ato público serviu também para comemorar a reinuaguração da Lanchonete Sobral do ‘seu’ Juvenal, uma das mais antigas casas comerciais instaladas no Becco, e ainda em funcionamento. (Com Sobral em Revista)

A palidez da esperança, por MENALTON BRAFF

Pesquisas apontam o brasileiro como um leitor de 1,9 livros ao ano. É pouco, muito pouco. nem convém aqui falar da qualidade do que se lê. É uma verdadeira enxurrada Todos vocês devem saber quanto é difícil, em determinadas situações, manter a esperança. Eu, de minha parte, tenho alimentado algumas esperanças fazendo um esforço que me prostra e me deixa extenuado. Não sei até quando vou poder suportar a corrosão, porque ela é corrosiva, dessa “ferida verde” como a caracterizou minha amiga, a poeta Ruth do Carmo, que ultimamente me parece curada, pois não tem publicado o que escreve, se é que continua escrevendo. Há muito tempo as pesquisas vinham apontando o brasileiro como um leitor de 1,9 livros ao ano. É pouco, muito pouco. Principalmente se tivermos em conta que o argentino lê alguma coisa aí por volta dos 8 livros no mesmo tempo, e que em países da Europa tal número é multiplicado por 2. Atualmente algumas pesquisas andaram falando em 4,9 e a gente ri como se não entendesse que o …

tá bom, mas não se irrite, Por CLÁUDIA CROITOR

tá bom, mas não se irrite









Se eu tivesse que escolher uma série para, hã, levar para uma ilha deserta ou tivesse que escolher uma única série para assistir de novo e de novo só ela, eu não pensaria meia vez: “Chaves”
Já tem meia internet teorizando sobre por que “Chaves” se tornou o fenômeno que se tornou, com seu jeito tosco e seus atores adultos vestidos de criança usando as mesmas roupas sempre e com as mesmas piadas e os mesmos bordões repetidos à exaustão, então eu não preciso fazer isso, nem quero. 
Eu só queria dizer que com seis, quatorze ou trinta anos, com meus irmãos, com meus amigos de infância e adolescência e com meus sobrinhos, ver “Chaves” e “Chapolin” sempre foi e ainda é uma das minhas diversões favoritas.  Assistir e falar sobre, e ligar para  algum amigo para avisar que estava passando o episódio do Hector Bonilla, e lembrar de momentos raros, e dizer que não, o Chaves não mora no barril, ele mora no oito, e debater por horas qual era o melhor episódio (Chaves cor…

O novo ministério e o capital, POR MARCUS IANONI

No capitalismo, o capital e os capitalistas que o representam possuem poder público. Há uma limitação estrutural aos governantes no sentido de manter níveis minimamente aceitáveis de atendimento das demandas do sistemaeconômico baseado nas relações capitalistas de produção. Sem acumulação de capital, não se realizam três rendas fundamentais: lucro, salário e receita tributária (renda pública).  O poder público estrutural do capital, obviamente, não é indiferente à conjuntura, sobretudo à relação de forças entre capitalistas e trabalhadores. Uma virada na conjuntura pode, também, provocar um efeito estrutural, de duração mais longa, na relação de forças. Desde 2003, essa relação de forças, em linhas gerais, movimentou-se em dois sentidos. Por um lado, configurou um maior equilíbrio entre capital e trabalho, por outro, deslocou, em alguma medida, o capital produtivo – até então subordinado ao setor hegemônico da coalizão neoliberal, constituído pelas forças da financeirização –, atraindo…

A democracia em risco, POR MARCOS COIMBRA

O ano de 2014 caminha para terminar de forma preocupante na política. Não era para ser assim. Há menos de um mês, realizamos uma eleição geral na qual a população escolheu o presidente da República, os governadores dos 26 estados e do Distrito Federal, um terço do Senado, a totalidade da Câmara dos Deputados e das Assembleias estaduais. Mesmo em democracias consolidadas, momentos como aquele, em que todos são convocados a participar diretamente das grandes escolhas de um país, são esporádicos e precisam ser respeitados e valorizados. As eleições não são situações triviais, cujos resultados podem ser ignorados ou questionados por qualquer um, no dia seguinte. São solenes. Por isso, é comum que o clima político se desanuvie depois de uma disputa eleitoral. Que cesse o embate entre os partidos e correntes de opinião e a sociedade tenha ambiente para meditar a respeito do pronunciamento dos cidadãos, para avaliá-lo e com ele aprender. No Brasil, a normalidade democrática sempre foi exceç…

Do Blog Sincronicidade do massapeense Vasconcelos Arruda

A difícil Iniciação à segunda idade adulta
O meio da vida é o momento em que fazemos o balanço conosco mesmos, em que realizamos o exame de nossa vida, quando começa a “descida” do Sol. De maneira que é, com frequência, também um tempo de depressão. Na realidade, devemos, então, renunciar a uma ideia de juventude eterna e abandonar certas ilusões que nos fizeram viver até então. Viviane Thibaudier [Thibaudier, Viviane. Jung, médico da alma. Tradução Martha Gouveia da Cruz, Alexandra D. de Sousa. – São Paulo: Paulus, 2014, p. 132. – (Coleção amor e psique).] Nada na vida é mais difícil que lidar com a perda de ilusões. De fato, talvez ninguém consiga viver absolutamente imune às ilusões, até porque, sob certos aspectos ou em determinadas circunstâncias, se torna difícil saber o que é ou não ilusório. Entretanto, em que pese essa constatação, em determinados momentos a vida exige que nos desvistamos de ilusões que nos sustentaram até então. Isso se verifica de forma clara e com uma força …

Papel propositivo e fiscalizador. Eunício confirma apoio ao bloco de oposição na Assembleia

O senador Eunício Oliveira, presidente do PMDB no Ceará, se reuniu na tarde dessa sexta-feira (21),  com os deputados eleitos para o próximo mandato na Assembleia Legislativa e que tomaram a iniciativa de formar um bloco de oposição na Casa. Eunício confirmou apoio ao bloco, que, de acordo com ele, tem a proposta de fazer uma oposição fiscalizadora e propositiva, cobrando as promessas feitas aos cearenses durante a campanha eleitoral. “Saímos dessa eleição com um capital político importante que a gente precisa preservar e alimentar no dia a dia”, considerou. A reunião contou com 12 dos 13 parlamentares que formam o bloco. O candidato a vice-governador nas últimas eleições, Roberto Pessoa; o vice-prefeito de Fortaleza, Gaudêncio Lucena e o ex-governador Lúcio Alcântara também estiveram presentes na discussão, que teve como pauta principal o fortalecimento do grupo de oposição. De acordo com Eunício, sua participação será de alguém que foi candidato ao Governo do Estado e que tem um ma…

Plano de Governo de Camilo consolida participação popular

Os 7 Cearás foram o tema da Conferência Planejamento Participativo e Desenvolvimento Sustentável, realizada neste sábado (22/11) para apresentar o documento preliminar do Plano de Governo do governador eleito do Ceará, Camilo Santana. “O objetivo desta conferência é abrir o processo de consolidação do nosso plano de governo. Ao longo da campanha, ouvimos os cearenses sobre suas demandas, seus anseios e propostas. Com isso, identificamos 7 Cearás: o Ceará do Conhecimento, o Ceará Democrático, o Pacífico, o de Oportunidades, o Ceará Acolhedor, o Saudável e o Sustentável. Esta é uma experiência de participação da população que, além de ajudar a fazer o plano de governo para os próximos quatro anos, vai também poder fiscalizar a execução deste plano”, avalia Camilo. O coordenador do Plano de Governo, Eudoro Santana, informou que o seminário a ser realizado nos dias 2,3 e 4 de dezembro vai não só consolidar as propostas recebidas pela população, por meio da sociedade civil organizada, com…

MORRE A LENDA: SEU LUNGA

Morreu na manhã deste sábado o poeta Joaquim dos Santos Rodrigues, o Seu Lunga, aos 87 anos. Ele estava internado Hospital São Vicente de Paulo, em Barbalha, na Região do Cariri, deste a quarta-feira (19), por causa de problemas no sistema digestivo e sofria de câncer de esôfago. O corpo está sendo velado na Capela de São Vicente, em Juazeiro no Norte. O sepultamento ocorrerá no Cemitério do Socorro. A seriedade e o deboche com que Seu Lunga respondia a perguntas óbvias o transformaram em personagem do folclore cearense. (DO eLIOMAR DE lIMA)

Mauro Filho é nome forte para assumir presidência do BNB

Nos bastidores, já começou a discussão para saber quem será o presidente do Banco do Nordeste do Brasil. O mais cotado para assumir a vaga é o deputado estadual e ex-secretário da Fazenda,Mauro Filho. Homem de confiança do grupo do governador Cid Gomes, Mauro disputou vaga ao Senado da República em 2014 e fez campanha como o “senador da Dilma”. Agora, o deputado seria o nome levado por Cid para a presidente reeleita. A indicação de Mauro Filho pode entrar na cota como um pedido pessoal do governador à presidente, com quem mantém relações de confiança e fidelidade.
O deputado federal reeleito, José Nobre Guimarães (PT), que já deu as cartas durante um bom tempo no BNB, afirma que não é hora de discutir nomes para o cargo. O mandato interino de Nelson Antônio de Souza encerra-se no final deste ano. O parnaibano assumiu após a renúncia de Ary Joel Lazarin, que alegou motivação pessoal.

(com informações do blog Politica com K)

Curso de Medicina de Sobral da UFC realiza Curso de Formação Docente

A Coordenação do Curso de Medicina/UFC-Campus de Sobral realizou Aula Inaugural do Curso de Formação Docente para Ensino Médico, ministrada pelo Professor Olivan Queiroz, da disciplina da Assistência Básica à Saúde (ABS). Na ocasião, o coordenador do Curso, Prof. Dr. Gerardo Cristino, destacou a importância da formação para os professores da Medicina da UFC de Sobral. 
“Este curso destaca aspectos específicos para o ensino do Curso de Medicina que hoje apresenta uma nova realidade, haja vista as avançadas ferramentas disponíveis para a produção do conhecimento”, explicou o coordenador. O curso tem encerramento no dia 16 de dezembro com a discussão do tema Gestão e Avaliação Curricular.
Fonte: Blog Encontro com a Saúde

A educação de hoje perpetua o racismo? PORT ANDREA AMARAL

Foi necessário promulgar uma Lei (10.639/03), há pouco mais de dez anos, para que as escolas passassem a ensinar história e cultura afro-brasileira, incluindo temas como história da África e dos africanos, a luta dos negros no contexto brasileiro e sua contribuição nas diversas áreas da história e da cultura do Brasil. 
Isso porque, embora sejamos um país em que a maioria da população é negra e parda, a história sempre foi ensinada com um viés eurocêntrico, em que os colonizadores são ousados, atravessam oceanos e, para levar adiante seus planos, tornam-se senhores de escravos. A ideia de escravidão é introduzida nas primeiras séries escolares com certo ar de naturalidade. O negro entra como objeto trazido à força de um continente “primitivo”; um ser sem passado nem vínculos sociais, que aceita de forma omissa e acomodada um destino desumano e humilhante. Como as crianças brasileiras podem sentir orgulho de suas origens e sua identidade com essa forma de descrever seus antepassados?
N…

Se conhecêssemos os sonhos do homem branco…POR LEONARDO BOFF

A crise econômico-financeira que está afligindo grande parte das economias mundiais criou a possibilidade de os muito ricos ficarem tão ricos como jamais na história do capitalismo, logicamente à custa da desgraça de países inteiros como a Grécia, a Espanha e outros, e de modo geral toda a Zona do Euro, talvez com uma pequena exceção, a Alemanha. Ladislau Dowbor(http://dowbor.org)professorde economia da PUC-SP, resumiu um estudo do famoso  Instituto Federal Suiço de Pesquisa Tecnológica (ETH), que por credibilidade concorre com as pesquisas do MIT de Harvard. Neste estudo se mostra como funciona a rede do poder corporativo mundial, constituída por 737 atores principais que controlam os principais fluxos financeiros do mundo, especialmente ligados aos grandes bancos e outras  imensas corporações multinacionais. Para esses, a atual crise é uma incomparável oportunidade de realizaram o sonho maior do capital: acumular de forma cada vez maior e de maneira concentrada. O capitalismo reali…

Bancos têm que disponibilizar acesso do consumidor a dados sobre sua vida financeira

Para facilitar o acesso do cidadão às informações pessoais e sigilosas sobre dívidas acima de R$ 1.000, incluindo as do cartão de crédito, e contas bancárias, o Banco Central (BC) instituiu o Extrato do Registro de Informações no Banco Central do Brasil (Sistema Registrato). A ferramenta permite, pela internet, que o cidadão conheça as informações sobre si contidas em cadastros administrados pelo BC.
A circular publicada ontem no Diário Oficial da União, obriga bancos que possuem carteira comercial que prestam serviços por meio da internet (internet banking) a disponibilizar em seus sites a validação de frase de segurança, fornecida pelo BC aos clientes dessas instituições.
Para começar, estarão disponíveis dados de dois sistemas do BC. O primeiro traz as informações cadastrais dos clientes nos bancos. É o Cadastro de Clientes do Sistema Financeiro Nacional (CCS) com informações sobre as contas bancárias. O segundo é o Sistema de Informações de Crédito (SCR), com tudo sobre os empréstim…

O juiz e a agente da Lei Seca, POR YVVONE MAGGIE

Aprendi nas minhas primeiras lições de antropologia que as estruturas podem mudar, mas é raro qualquer mudança ser uma transformação radical, como a de uma lagarta em borboleta. Mesmo se redefinindo, as estruturas sempre carregam na nova configuração algo da sua antiga forma. Pois foi assim que entendi o caso ocorrido aqui bem perto da minha casa em 2011 e os seus desdobramentos dos últimos três anos. Em uma noite de fevereiro de 2011, na rua Bartolomeu Mitre, no Leblon, um dos bairros mais ricos da cidade, uma jovem agente da Lei Seca Luciana Tamburini, de porte firme e estrutura rija, viu-se enredada, no exercício das suas funções, em uma trama que viveu até 2014 na mais perfeita solidão. Naquela noite, os policiais que faziam uma blitz da Lei Seca pararam um carro  sem placa. Os policiais fizeram os procedimentos de praxe. O motorista estava sem a carteira de habilitação, mas no teste do bafômetro ficou provado que não ingerira álcool. Em seguida duas versões se estabeleceram: Com…

Zezinho Albuquerque assume o Governo do Estado nesta quinta

No período que vai desta quinta-feira (20) ao próximo dia 27, o presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará, deputado Zezinho Albuquerque (Pros), assumirá o Governo do Estado. Na última terça-feira (18), a Assembleia recebeu o projeto de decreto legislativo número 07/14, que concede autorização ao governador Cid Gomes para se afastar do cargo, por um período de sete dias, para tratar de assuntos de interesse particular. O presidente da Assembleia ocupa a linha de sucessão do Governo, na ausência do governador. Com isto, durante o mesmo período, assume a presidência do Poder Legislativo, o primeiro vice-presidente da Assembleia, deputado Tin Gomes (PHS).

COSMOPOLITA:Muçulmanos em clima de rezas em Sobral

Cena curiosa foi registrada, no fim da tarde dessa quarta-feira, em Sobral: Este grupo de muçulmanos afegãos fazendo o saleth (reza pública), numa pracinha situada no dessa cidade da Zona Norte. (Foto – Luciano Arruda)

Primeiro ano de Camilo será de arrocho nos gastos, diz Izolda

O governo Camilo Santana (PT) começará com uma meta já definida: controlar despesas, especialmente no primeiro ano, fazendo caixa para obras e projetos que exijam mais recursos.
O governador eleito e os outros integrantes de sua equipe de transição se reuniram ao longo da terça-feira, no Palácio da Abolição, com gestores e técnicos das secretarias da Fazenda, do Planejamento e da Controladoria, para se inteirar do quadro que, segundo a vice-governadora eleita, Izolda Cela (Pros), é “desafiador”.
“Nesses dois, três anos mais recentes, o orçamento de estados e municípios têm sofrido apertos, ajustes. A diminuição das transferências do Governo Federal tem sido muito significativa. Então, é claro que uma nova gestão se inicia com todo aquele alerta de atenção, controle, de fazer caixa”, disse Izolda, integrante da equipe de transição.
O cuidado com as despesas será necessário sobretudo no primeiro ano da nova gestão, segundo Izolda. “Porque aquilo que exigirá mais recursos precisa desse temp…

Os rumos da sustentabilidade no Brasil, por AMÉLIA GONZALEZ

É claro que o acordo entre Estados Unidos e China sobre emissões de carbono esteve em pauta nesta segunda-feira (17)  no lançamento do estudo "Diretrizes para uma Economia Verde no Brasil", na sede da Fundação Brasileira para o Desenvolvimento Sustentável (FBDS) em São Conrado, no Rio de Janeiro. Na palestra de abertura, a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, citou o pacto e lembrou que ele traz os elementos necessários para se acreditar até na possibilidade de um acordo mundial na capital do Peru durante a COP-20 que será realizada mês que vem. "A China provoca uma mudança de posição do G-77", disse ela, referindo-se à coalizão dos países em desenvolvimento. "O discurso do clima não é mais ambiental, é econômico. Precisamos debater sobre o modelo de desenvolvimento que queremos", afirmou a ministra. Durante toda a manhã, num auditório com luz e clima naturais, foi esse o tema em pauta. A ideia de Israel Klabin, presidente da FBDS, foi reunir os…