quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Primeiro ano de Camilo será de arrocho nos gastos, diz Izolda


O governo Camilo Santana (PT) começará com uma meta já definida: controlar despesas, especialmente no primeiro ano, fazendo caixa para obras e projetos que exijam mais recursos.

O governador eleito e os outros integrantes de sua equipe de transição se reuniram ao longo da terça-feira, no Palácio da Abolição, com gestores e técnicos das secretarias da Fazenda, do Planejamento e da Controladoria, para se inteirar do quadro que, segundo a vice-governadora eleita, Izolda Cela (Pros), é “desafiador”.

“Nesses dois, três anos mais recentes, o orçamento de estados e municípios têm sofrido apertos, ajustes. A diminuição das transferências do Governo Federal tem sido muito significativa. Então, é claro que uma nova gestão se inicia com todo aquele alerta de atenção, controle, de fazer caixa”, disse Izolda, integrante da equipe de transição.

O cuidado com as despesas será necessário sobretudo no primeiro ano da nova gestão, segundo Izolda. “Porque aquilo que exigirá mais recursos precisa desse tempo de controle do primeiro ano para acontecer”, afirmou.

Fonte: O Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário