quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Dilma tenta convencer Campos a manter cargo de Leônidas

Após a reunião com a Executiva Nacional do PSB nessa quarta-feira (19), quando foram devolvidos os cargos ocupados pela legenda no Governo Federal, a presidenta Dilma Roussef recebeu, em horários diferentes, o presidente do PSB, Eduardo Campos e o governador Cid Gomes.

Dilma tentou negociar com Eduardo Campos um armistício, no qual os socialistas permaneceriam à frente da Secretaria Especial de Portos ocupando a cota pessoal de Cid Gomes, dessa forma, Leônidas Cristino não deixaria o cargo que ocupa no governo federal.
A proposta não foi aceita por Eduardo Campos. E, caso Leônidas se mantivesse na pasta, seria expulso do partido.
(com Ceará News)

Nenhum comentário:

Postar um comentário