quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Assembleia fará CPI para investigar operadoras de telefonia móvel no Estado


A Assembleia Legislativa irá instalar uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a qualidade dos serviços ofertados pelas operadoras de telefonia móvel no Estado. O anúncio foi feito pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado José Albuquerque, na tarde dessa quarta-feira (11), durante reunião com a Mesa Diretora na presidência da Casa.

O presidente classificou como "péssimos" os serviços ofertados, e disse esperar que as empresas de telefonia móvel "tragam os esclarecimentos necessários" à CPI. A proposta foi apresentada pelo deputado Welington Landim (PSB) e acatada por José Albuquerque, após o aval da Procuradoria da AL.

A CPI será composta por nove membros, que serão indicados pelos líderes partidários. A indicação ocorrerá até três dias após a publicação da CPI no Diário Oficial do Estado, prevista ainda para esta semana. Inicialmente, a duração da Comissão Parlamentar de Inquérito será de 120 dias, podendo ser prorrogada.


Participaram da reunião os deputados Sérgio Aguiar (PSB), Manoel Duca (PRB), Lucílvio Girão (PMDB), Ely Aguiar (PSDC), João Jaime (PSDB) e Tin Gomes (PHS).
Fonte: Sobral em REvista

Nenhum comentário:

Postar um comentário