terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Haja como um vitorioso antes mesmo de conquistar seus objetivos, por SAMY DANA

Quando você pensa em um super herói, qual é a primeira postura que lhe vem à cabeça? Provavelmente deve imaginar uma pessoa forte, com o uniforme de herói, com as mãos na cintura e o peito inclinado para a frente. A pose é típica de personagens heróicos e não é sem motivo. Na análise da linguagem corporal, a pose representa autoconfiança e coragem, características típicas de um vencedor. 
Do mesmo modo, quando você vê uma equipe de qualquer esporte que seja comemorando uma vitória, o gesto mais comum são os braços estendidos para cima. É uma simbologia universal para representar a vitória. O interessante disso tudo é que este tipo de representação através do corpo não foi algo simplesmente inventado e aceito como uma marca de vitória. É algo que nos acompanha no processo evolutivo. 
Vemos, por exemplo, que esta atitude também é adotada entre grupos de chimpanzés e gorilas. Os mais fortes demonstram poder batendo no peito e erguendo os braços para o alto. 
Aliás, as pesquisadoras Amy J. C. Cuddy, Caroline A. Wilmuth e Dana R. Carney, das universidades de Harvard e Berkeley, fizeram um estudo comprovando os efeitos benéficos de adotar posturas vitoriosas para conquistar objetivos. 
Foi realizada uma experiência em que um grupo de pessoas fazia poses que demonstravam fraqueza - como encolher-se e juntar os braços - enquanto outras estendiam os braços em posição de vitória. Em seguida, essas mesmas pessoas eram levadas para uma entrevista de emprego. O resultado é previsível, mas impressionante. As pessoas que levantavam os braços eram recrutadas com mais facilidade. 
Pode parecer bobagem, mas a verdade é que essa atitude simples tem o poder de disparar um gatilho mental que tem efeito imediato em nossa autoestima. A pose de confiança e determinação age de modo semelhante como acontece com os gorilas. Aqueles animais que se destacam no meio do grupo, possuem no sangue níveis maiores de testosterona - responsável pela agressividade - do que o cortisol, que é o hormônio que causa estresse. 
Uma postura de vitória pode ser o suficiente para equilibrar o cérebro a dosar os hormônios de forma que você fique mais confiante. Treinar poses assim antes de uma negociação importante ou mesmo uma entrevista de emprego pode interferir de forma benéfica nos seus resultados. 
Por mais que estejamos acostumados a ver pessoas erguendo os braços somente depois de conquistar uma vitória, não custa nada treinar o gesto previamente para ajudar na conquista de um objetivo.
G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário