Pular para o conteúdo principal

Fala de Temer sobre momento político de Dilma gera 'perplexidade' no Planalto, POR CRISTINA LOBO

A declaração do vice-presidente Michel Temer de que será "difícil" a presidente Dilma Rousseff resistir a mais três anos e meio de governo se mantiver os atuais índices de popularidade gerou "perplexidade" dentro do Palácio do Planalto e até mesmo em aliados do PMDB. A fala seca e direta do peemedebista permite medir o tamanho de seu distanciamento do governo.
Temer fez a afirmação durante um debate nesta quinta (3), em São Paulo, com o grupo Política Viva, organização que se autointitula suprapartidária e reúne empresários e estudiosos.
O "day after" da declaração polêmica foi marcado por avaliações políticas dentro do Planalto. No discurso oficial, o ministro Edinho Silva (Comunicação Social) tentou colocar panos quentes sobre a história, dizendo que a fala do vice foi usada "fora de contexto". No entanto, nos bastidores, os palacianos reconhecem que essa interpretação de Edinho não é cabível.
Há duas leituras para a declaração na qual Temer mandou um recado muito claro ao governo. Primeiro, de que, por estratégia política, ele decidiu elevar o tom para se consolidar como alternativa a um eventual afastamento da presidente da República. Outra é de que o vice ainda não digeriu a forma como Dilma faz política, com seus avanços e recuos inesperados.
A questão é que, enfraquecida com seus 8% de aprovação, a presidente não tem sequer como reagir à fala do vice, classificada internamente como "incompatível com o perfil dele".
Mesmo diante da polêmica gerada pela afirmação, Temer não escalou ninguém para explicar ou justificar a fala. Pessoas próximas ao vice admitem que a análise do peemedebista sobre a situação política da presidente foi inoportuna, porém, ele não manifestou nenhum interesse em fazer algum tipo de reparo.
Aliados de Temer afirmam que ele simplesmente deu voz ao que está na cabeça de todo mundo, fazendo uma espécie de desabafo em razão de ter se sentido fritado dentro do governo. O vice, dizem pessoas que convivem com ele, compara sua situação política à do ministro da Fazenda, Joaquim Levy, que tem sido bombardeado por fogo amigo do governo.
Temer sente, contam aliados, que se tornou alvo de fofocas e insinuações de infidelidade no Palácio do Planalto desde que fez um apelo público pedindo a unificação do país em meio a um dos momentos mais críticos da crise política que tomou conta da Esplanada dos Ministérios no segundo mandato de Dilma.
Ele ainda não superou a reação que houve na ocasião, dentro do governo  especialmente por parte de ministros petistas , por conta do trecho do pronunciamento no qual disse que "é preciso que alguém tenha capacidade de reunificar a todos, de reunir a todos". À época, ministros do PT ventilaram que a frase indicava a atuação de um conspirador.
No final do evento desta quinta com o grupo Política Viva, Temer teve uma reação muito forte ao ser indagado por um dos participantes se ele preferia entrar para a história como um estadista ou como um oportunista.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

HOMENAGEM ÀS MÃES: UM DOS MAIS BELOS TEXTOS QUE JÁ LI

Resolvi homenagear às mães com esse texto que considero uma das mais belas páginas já escritas pela inteligência humana. Neste azo, quero cumprimentar a minha adorável mãe Terezinha Albuquerque e à minha esposa e companheira de todas as horas Marlúcia, mãe do meu bem mais precioso.
Retrato de Mãe
Uma simples mulher existe que, pela imensidão de seu amor, tem um pouco de Deus; e pela constância de sua dedicação, tem muito de anjo; que, sendo moça, pensa como uma anciã e, sendo velha, age com as forças todas da juventude; quando ignorante, melhor que qualquer sábio desvenda os segredos da vida, e, quando sábia, assume a simplicidade das crianças; pobre, sabe enriquecer-se com a felicidade dos que ama, e, rica, empobrecer-se para que seu coração não sangre ferido pelos ingratos; forte, entretanto estremece ao choro de uma criancinha, e, fraca, entretanto se alteia com a bravura dos leões; viva, não lhe sabemos dar valor porque à sua sombra todas as dores se apagam, e, morta, tudo o que so…

DICA DE LIVRO: JESUS, O MAIOR LÍDER QUE JÁ EXISTIU, de Laurie Beth Jones

Sempre tenho falado da importância do exercício da liderança, tanto na vida profissional, como pessoal. Como fruto dessa necessidade indico o livro JESUS, O MAIOR LÍDER QUE JÁ EXISTIU, de Laurie Beth Jones (Editora Sextante). A autora é consultora de marketing e conferencista de renome nos Estados Unidos. O livro trata sobre os princípios de liderança de Jesus Cristo e como podem eles ser aplicados no trabalho, gerando crescimento, harmonia e realização. Numa abordagem espirituosa, a autora compara Jesus a um empresário que montou uma equipe de 12 pessoas que estava longe de serem perfeitas, mas conseguiu treiná-las e motivá-las para cumprirem sua missão com sucesso. Nesse contexto, o livro mostra um modelo de gestão baseado em três categorias de forças: autodomínio, ação e relações. Entre as frases geniais do livro, destaco: "Esperar o tempo perfeito é uma grande desculpa e uma racionalização para se ficar parado e não fazer nada." (pág. 44); "Os líderes que compartilha…

DICA DE LIVRO: AUTO DA BARCA DO INFERNO, de Gil Vicente

Ainda da Coleção Clássicos Saraiva, indico para leitura a obra "O AUTO DA BARCA DO INFERNO", do humanista português Gil Vicente. Inicialmente destaco que Gil Vicente é um importante autor da literatura portuguesa e foi o fundadador do teatro em Portugal. Situada no limiar entre a Idade Média e o Renascimento, no período que ficou conhecido como Humanismo, entre os séculos XV-XVI, a obra vicentina é um atestado exemplar dessa transição de costumes e valores. Tendo temática de base religiosa, seu teatro consegue harmonizá-la com elementos profanos. "O auto da barca do inferno" é a obra mais famosa de Gil Vicente e um clássico do teatro de língua portuguesa. Seu tema central são as personagens que, mortas, são conduzidas à barca que as levará ao Inferno ou Paraíso. As cenas retratam o diálogo jocoso que cada um dos pecadores trava com o Anjo e com o Diabo. São muitas os personagens sociais que fazem parte do drama: Frade, Sapateiro, Fidalgo, Alcoviteira, Enfocado e ou…