sexta-feira, 19 de junho de 2015

Ministro da Integração garante que água do São Francisco chega em 2016 no Ceará


A conclusão das obras do Projeto de Integração do Rio São Francisco com Bacias Hidrográficas do Nordeste Setentrional (PISF), iniciadas em 2007, não pode passar de 2016. O alerta de que as águas da transposição têm que chegar ao Ceará no próximo ano, feito pelo deputado federal Leônidas Cristino, na Comissão Mista Permanente sobre Mudanças Climáticas, encontrou resposta e reforço nesta sexta-feira (19), em solenidade de anúncio de investimentos no plano de convivência com a seca no Ceará.

O ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi e o governador do Estado, Camilo Santana, confirmaram a previsão de conclusão das obras da transposição até dezembro de 2016. A presidente Dilma Rousseff, em audiência na qual Camilo Santana pediu para concluir em 2016 as obras da transposição, para fazer a captação no Cinturão das Águas, disse que a água tem de chegar ao Ceará, relatou o ministro. Segundo Occhi, 9.800 pessoas trabalham na obra e a água deve chegar ao Ceará no próximo ano, de junho a dezembro.

Na solenidade, no Palácio da Abolição, foram anunciados investimentos de R$ 164 milhões para ações emergenciais, sendo R$ 94 milhões para sistemas de abastecimento de água para populações rurais de 64 comunidades dispersas ao longo do canal do Eixo Norte da Transposição, no qual já foram executados 76,9% da obra. Outros R$ 21 milhões serão aplicados na operação carro-pipa em sedes urbanas e 49 milhões na construção de adutoras para Quixeramobim, Arneiroz, Independência e Ibicuitinga.
(com Sobral em Revista)

Nenhum comentário:

Postar um comentário