quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Da minha página do face para o BLOG

Custa-me entender aqueles que defendem a liberdade e a liberalidade a todo custo. Na família, o filho grita com o pai, desrespeita a mãe e tudo passa na mais absoluta normalidade. Honrar pai e mãe é bíblico e princípio inarredável para uma sociedade que vem perdendo sua referência maior - a família. Condenamos tanto a violência e não percebemos que o que mais concorre para seu crescimento é a ausência de valores familiares e de formação cristã. Que se danem os intelectuais que contestam as regras do respeito, da ética e da experiência solidária. Afirmo e repito, alegre da nação que tem no Senhor o seu guia. O que falta na verdade são valores, muitos deles deveriam vir de uma experiência familiar saudável, respeitosa e acima de tudo cristã.

Nenhum comentário:

Postar um comentário