quarta-feira, 26 de março de 2014

Graça Foster: não sobrará “pedra sobre pedra” em investigação da Petrobras

graca_foster_wilsondias_abr
Chamada pelo Congresso a prestar esclarecimentos sobre a compra da refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos, a presidente da Petrobras, Graça Foster, antecipou-se e deu as primeiras declarações públicas sobre o assunto desde que a presidenta Dilma admitiu que se baseou em documento “falho” ao apoiar o negócio que causou prejuízo bilionário à estatal. Em entrevista exclusiva ao jornal O Globo, Graça Foster disse que o negócio, que se mostrava “potencialmente atrativo”, não se repetiria hoje, mas negou ter elementos para afirmar que houve irregularidades na compra da unidade.
Graça Foster anunciou a criação de uma comissão interna para apurar responsabilidades na transação e admitiu ter sido surpreendida com uma série de fatos relacionados à refinaria apenas agora, dois anos após ter assumido a presidência da estatal. Segundo ela, no que depender da empresa, as investigações não deixarão “pedra sobre pedra”.
(Agência de Notícias)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

NÃO ENCONTRAMOS DEUS NOS CÉUS

Não teremos um relacionamento próspero com Deus se insistirmos em vivenciá-lo exclusivamente numa dimensão vertical, única e individual. Nã...