sábado, 14 de dezembro de 2013

“Não podemos ter dois Cearás: o dos ricos e o dos pobres”, diz Eunício

eunício 131213 choró
O senador Eunício Oliveira (PMDB) sugeriu nessa sexta-feira (13) que o cearense comece a comparar histórias de vida dos políticos, como forma da população se identificar com seus governantes. A proposta surgiu durante discurso da posse do ex-prefeito de Choró (Sertão Cearense), Otacílio Dantas, como presidente do PMDB no município.
“Não podemos ter dois Cearás: o dos ricos e o dos pobres. Temos que ter dignidade no lugar onde a gente vive. Se o meu partido decidir por uma candidatura ao Governo do Ceará, em 2014, eu vou pedir que comparem a minha história e o meu trabalho. E o povo decidirá”, disse o senador cearense.
“Sou igual a vocês, venho de um distrito de Lavras da Mangabeira e vivi todas as dificuldades do homem do campo. Foi dessa vivência que tirei forças para lutar para que 502 mil famílias de agricultores pudessem ter a chance de renegociar suas dívidas”, completou Eunício, ao ressaltar seu trabalho contra a desigualdade social no país.
Político dos agricultores
O primeiro prefeito da história de Choró, Otacílio Dantas (1993-1996), observou que o município tem na agricultura a sua principal fonte de economia e destacou o trabalho do senador Eunício na renegociação de dívidas do homem do campo que teve seu plantio atingido pela seca. “Eunício é o político mais importante do Brasil para o agricultor”, disse.
(com Eliomar de Lima)

Nenhum comentário:

Postar um comentário