segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Município de Sobral se destaca como grande gerador de emprego no Ceará


De acordo com os números levantados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados pelo ministro do Trabalho e Emprego, Manoel Dias, na Feira de Emprego, Estágio e Desenvolvimento Profissional, realizada na última quinta-feira (21) em Fortaleza, o Ceará teve o segundo melhor outubro desde 2003 na geração de empregos formais, com 6.789 novos postos de trabalho. O percentual representa uma alta de 0,58% em comparação ao estoque de assalariados com carteira assinada no mês de setembro.

No comparativo com os 27 estados, o Ceará aparece na 6ª colocação na geração de postos de trabalho no mês de outubro, atrás de Alagoas (15.953), São Paulo (12.854), Santa Catarina (12.050), Rio Grande do Sul (9.544) e Paraná (8.199).

Levando em conta a evolução do emprego formal em municípios com mais de 30 mil habitantes no Ceará, Fortaleza lidera com saldo de 2.823 trabalhadores formais em outubro, acompanhada de Sobral, que apresenta acréscimo de 827 empregados de carteira assinada; em seguida vem Juazeiro do Norte (638); Maracanaú (603) e Horizonte (348).

Segundo o Caged, os setores que puxaram o crescimento foram a indústria de transformação (2.359), calçados (881), acompanhadas da indústria de produtos alimentícios (522) e têxtil (479). Já os setores de serviços e comércio geraram 1.843 e 1.745 postos de trabalho respectivamente.

Instalada em Sobral desde 1993, e uma das principais geradoras de emprego e renda da região, A Grendene anunciou a construção da Fábrica 8, que terá cerca de 20 mil metros quadrados e implicará na contratação de novos 3 mil funcionários, além dos 19 mil já empregados. A nova unidade terá investimentos da ordem de R$ 60 milhões. A Votorantim Cimentos é outra empresa que tem ajudado a impulsionar o mercado local, quando o assunto é geração de emprego.

Fonte: Blog Noticias de Sobral

Nenhum comentário:

Postar um comentário