segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Roberto Cláudio vai ao Rio negociar filiação de cidistas ao PDT

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (sem partido), negocia com o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, no Rio de Janeiro, a filiação de Cid Gomes e aliados ao partido de Heitor Férrer e André Figueiredo.
Na semana passada, o apadrinhado de Cid e o presidente do PDT tiveram uma conversa inconclusiva sobre o destino de parte dos dissidentes do PSB. Já nesta conversa, que promete ser a derradeira antes da decisão oficial do grupo, todas as cartas devem ser postas sobre a mesa.
Apesar do interesse em acolher os cidistas, Lupi diz que não pode garantir que Heitor não será o candidato da legenda e barganha: só entrega o partido a Cid Gomes se ele levar todos os seus aliados para a sigla.
Os irmãos de Cid têm opiniões opostas sobre o assunto: Ivo Gomes, secretário de Educação de Fortaleza declarou simpatia pela ideia de migrar para o PDT.  Já Ciro Gomes, secretário de Saúde do Ceará, não está convencido de que essa seja a melhor opção.
A imprensa já dá como certa a filiação dos ex-pessebistas ao PROS, partido recém-criado e capitaneado por Eurípedes Junior, contudo, as negociações continuam sendo feitas e reviravoltas podem acontecer até amanhã (1º), quando será revelado, oficialmente, o destino dos quase 500 filiados que Cid tirou do PSB ao deixar o partido.
O bloco dos Ferreira Gomes é composto por 37 prefeitos, 20 vice-prefeitos, 200 vereadores, quatro deputados federais, nove deputados estaduais, um governador (Cid), um secretário de Saúde (Ciro) e um de Educação de Fortaleza e um ministro (Leônidas Neto, dos Portos), além das lideranças locais.
(Com Ceará News)

Nenhum comentário:

Postar um comentário