segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Governador Cid Gomes reúne a executiva do PSB do Ceará nesta segunda feira(23).


O governador Cid irá reunir hoje, 23, a executiva regional do PSB do Ceará. A intenção é fazer um balanço da resolução da direção nacional do partido de abandonar o Governo Dilma e entregar os cargos, e examinar os cenários partidários diante da informação confirmada pela ex-prefeita Luizianne Lins de que recebeu um convite do presidente Eduardo Campos para ingressar no PS B e ser candidata à governadora. Com o agravante que esse convite aconteceu sem que o governador Cid tenha sido cientificado. Na pauta, Cid e seus aliados vão discutir a saída do PSB e as alternativas que dispõem de filiação para mudarem de sigla até o dia 5 de outubro.

Ciro presente
De volta ao Ceará após cumprir compromissos pessoais em São Paulo, o secretário de Saúde, Ciro Gomes, deverá comparecer ao encontro dos dirigentes socialistas. Cid e Ciro conversaram sobre os últimos acontecimentos no PSB, mas desconhece-se o que eles decidiram.

Senha
A decisão sobre o que fará com o PSB do Ceará, o governador Eduardo Campos adota no Rio de Janeiro. Lá, o presidente regional, prefeito Alexandre Cardoso, e todos os 4 deputados estaduais estão sendo postos para fora do partido, porque não apoiam Eduardo ao Planalto.

Vão pular fora
Cid insiste em não deixar o PSB e estaria disposto a enfrentar uma disputa interna com o governador Eduardo. Porém, essa atitude não pode ser seguida por seus deputados federais e estaduais. Essa turma precisa de uma nova legenda para abrigá-los para as eleições de 2014.

Pecado mortal
O prefeito Roberto Cláudio, ao criticar ontem a candidatura própria de Eduardo Campos ao Planalto, decretou a sua saída do PS B. Isso não era novidade, pois não havia como RC conviver na mesma sigla com Luizianne Lins, sua inimiga política, além de sua lealdade a Cid.


Fonte: Donizete Arruda, via Ceará News 7

Nenhum comentário:

Postar um comentário