terça-feira, 24 de setembro de 2013

Encontro entre oposição e Heitor tem saldo positivo, avalia Lúcio Alcântara


O saldo do encontro entre um grupo de oposição ao governador Cid Gomes (PSB) e o deputado estadual Heitor Férrer (PDT), realizado na manhã desta terça-feira (24), foi positivo. O deputado recebeu com muito entusiasmo o convite para se candidatar ao governador do Estado.
De acordo com o ex-governador Lúcio Alcântara (PR), Heitor não descartou a possibilidade, disse que se sentiu lisonjeado pelo reconhecimento de seu trabalho, que pretende dialogar, mas reafirmou seus laços com o PDT. “Sou filiado ao PDT há mais de 24 anos, tenho que ter zelo em não ferir a direção do partido”, disse o deputado.
Questionado sobre a possível dobradinha entre Heitor (Governo) e Tasso Jereissati (Senado), Lúcio Alcântara enumerou algumas das lideranças peessedebistas que compõem o grupo, mas ponderou, dizendo que um passo deve ser tomado de cada vez.
Por ora, o ex-governador garantiu que o grupo continuará costurando a aliança e buscando alternativas. “Não podemos ficar de braços cruzados esperando que o governador desencadeie a sucessão no momento que bem entender”, finalizou.  
A força tarefa disposta é recrutar Heitor é formada pelos presidentes estaduais do PR, PSDB, Lúcio Alcântara e Luiz Pontes, respectivamente, junto com o presidente de honra do PR, Roberto Pessoa, Dr. Guimarães, que é ligado ao PV de Sobral, além da deputada estadual Eliane Novais e o irmão Sérgio Novais.
Elogios
Lúcio Alcântara não mantém segredo sobre a sua admiração pelo pedetista. “Esse é o momento mais oportuno para o Heitor. Ele entende a mudança que o povo quer no Ceará”. O modelo de ser e de fazer oposição ao governo estadual adotado por Héitor já é referência positiva na opinião pública do bloco partidário PR-PSDB.
Cobiçado
Heitor foi convidado, nos últimos dias, pelos irmãos Novais, a filiar-se ao PSB. Na oportunidade, o pedetista afirmou que tem simpatia pelo partido. O pedetista destacou que mantém contato com alguns integrantes de partidos, avaliando conjunturas.
“Me sinto honrado com a confiança que essas lideranças me atribuem, mas não saio do PDT”. Desde o início do ano, o nome de Heitor Férrer é cotado pelo PDT para o Senado.
Em entrevista ao jornal Aqui CE, em abril, o presidente regional do partido, André Figueiredo, confirmou que Heitor é um dos mais fortes na legenda e “a eleição dele poderia contribuir diretamente para os planos de expansão da sigla no cenário nacional”.
Para não haver verticalização, o PDT compondo a base de apoio ao governador Cid Gomes, Heitor poderá concorrer ao Senado.
Bem cotado
O Ibope fez uma pesquisa recente sobre sucessão no Ceará e em Fortaleza. Impressionou a quem teve acesso o desempenho de Heitor Férrer, tanto para governador quanto para o Senado
Fonte: Ceará News

Nenhum comentário:

Postar um comentário