quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

EM CIMA DA HORA: Maioria do Supremo decide pela validade da Lei da Ficha Limpa

A maioria dos ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) entendeu ser constitucional a aplicação da Lei da Ficha Limpa e aprovaram a regra que torna inelegíveis políticos que tenham sido condenados por órgão colegiado.
A Corte é formada por 11 ministros, Carlos Ayres Britto foi o sexto a votar a favor da norma. Dessa forma o placar pela validade da regra ficou em 6 a 1. A decisão só poderá ser alterada caso algum dos ministros favoráveis à lei mude seu voto.
Também votaram a favor os ministros Ricardo Lewandowski, Cármen Lúcia, Joaquim Barbosa e o relator, Luiz Fux. Por enquanto, o único voto contra a regra é do ministro Antonio Dias Toffoli.
Ainda faltam votar os ministros Gilmar Mendes, Marco Aurélio Mello, Celso de Mello e o presidente do STF, Cezar Peluso.
Caso a decisão seja mantida, políticos condenados por órgão colegiado, cassados ou que tenham renunciado para evitar a cassação, não poderão se candidatar nas próximas eleições.
* Com informações do grupo FOLHA

Nenhum comentário:

Postar um comentário