terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Manobras em Brasília tentam provocar a demissão de Leônidas Cristino em 2012

"Sucessivas reportagens da grande mídia apontam o ministro da Secretaria Especial de Portos, Leônidas Cristino (PSB), como um dos principais nomes a serem demitidos, em janeiro de 2012, durante a reforma ministerial da presidente Dilma Rousseff.
No domingo (11) o jornal Estado de S.Paulo chegou a divulgar que o ministro cearense pretendia deixar a pasta, para se candidatar à prefeitura de Sobral. Esse foi apenas mais um factóide criado, pois Leônidas não pode candidatar-se a prefeitura de Sobral uma vez que esteve no governo do município até o inicio deste ano, 2011.
O que vem motivando setores do Partido dos Trabalhadores (PT) a desejarem a cabeça do ministro, são os boatos que circulam de que Leônidas pode ser o candidato apoiado pelo governador Cid Gomes  e o ex-ministro Ciro Gomes, ao governo em 2014. Até o momento a postura adotada pelo ministro é a de “não reação”. Mas o assunto ainda pode pautar futuras discussões entre o governador Cid Gomes e Dilma.
Informados com o rompimento da aliança política entre PSB e PT, que está para ocorrer em 2012, à ala petista segue ansiando em agredir e desqualificar o ex-prefeito. A candidatura de Leônidas é apenas mais um episódio dessa briga que se desenha no espaço da conjuntura política atual." 
Fonte: Ceará Agora

Nenhum comentário:

Postar um comentário