sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

CIRO GOMES COLOCA LENHA E FOGO NA SUCESSÃO EM FORTALEZA

"O ex-ministro Ciro Gomes, esteve reunido nos últimos dias, com os deputados federais da bancada cearense, onde manifestou um total desinteresse em manter a aliança política entre seu partido, o PSB e o PT, da prefeita Luizianne Lins. Ciro chegou a afirmar que nem mesmo o nome do secretário Camilo Santana (PT) na mesa de negociações, neste momento, atenderia aos anseios do governador Cid Gomes e dos socialistas de Fortaleza.
Para Ciro, seu partido deve indicar candidato próprio à sucessão em Fortaleza em 2012. Ao que tudo indica o sentimento de Ciro começou a contagiar também o governador Cid Gomes, que viaja para o exterior na próxima quarta-feira (04) e até o momento não esboçou esforço algum para encontrar a prefeita Luizianne Lins para discutir a escolha de um candidato de consenso da base aliada da presidente Dilma.
O futuro líder do PT na Câmara, deputado federal José Guimarães, já admite que os partidos da base - PT,PSB, PCdoB, PDT, entre outros - tenham candidatura própria nas eleições de outubro em Fortaleza. Esses nomes estariam desvinculados do candidato petista. Guimarães surpreende ao assumir como um fato normal o rompimento político de Luizianne com Cid Gomes.
Diante da decisão do governador Cid Gomes de tirar férias entre os dias 04 e 21 de janeiro, a prefeita Luizianne tem 5 dias para levar a discussão sobre seu candidato a prefeito de Fortaleza para a mesa do Governador. É que a direção nacional do PT estipulou que o lançamento dessa candidatura deve acontecer até o dia 15 de janeiro. É consenso dentro do PT que Luizianne, se conseguir agendar uma reunião com Cid, levará o nome do secretário de Articulação Política, Waldemir Catanho, como sua primeira opção. Se houver veto do Governador, é o secretário de Educação, Elmano Freitas, sua segunda opção. O problema esses dois nomes não empolgam o Palácio da Abolição."
(com Ceará Agora)

Nenhum comentário:

Postar um comentário