quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Senado aprova MP que reduz impostos sobre tablets fabricados no Brasil

O plenário do Senado aprovou a medida provisória que reduz os impostos sobre os computadores portáteis do tipo prancheta, conhecidos como tablets, produzidos no Brasil. O relator da matéria, senador Eduardo Braga (PMDB-AM), ressaltou a “urgência” para evitar que a valorização do real acabe desequilibrando a balança comercial de bens de tecnologia da informação e comunicação. “O grande potencial de venda, tanto no mercado interno como no externo, justifica a exigência de fabricação no Brasil”, disse.
A proposta zera as alíquotas do Programa de Integração Social (PIS) e da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) sobre a venda dos tablets.
A previsão do governo é que, com as desonerações, os computadores poderão custar até 36% menos na comparação com o similar importado.
Informações: Agência Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário