Pular para o conteúdo principal

ELEIÇÕES 2012: AS IDAS E VINDAS DAS OPOSIÇÕES EM MASSAPÊ

Antônio José e Jacques
Os dias passam e cada vez mais nos aproximamos do pleito eleitoral de 2012, onde elegeremos os ocupantes dos cargos majoritários (Prefeito e Vice-Prefeito) e proporcionais (vereadores). Massapê é uma cidade que respira política vinte e quatro horas. Onde chegamos, deparamo-nos com os comentários sobre a sucessão municipal. São as mais diferentes opiniões e pontos de vista. Afinal, todos nós temos um pouco de técnico de futebol e de analista político (pelo menos pensamos ter!). Para alguns, o quadro parece bem próximo da definição. Para outros, os imbróglios são tantos que necessitarão de muitos capítulos pela frente.
O PSDB,que representa a situação, caminha em passos firmes para consolidar a pré-candidatura do atual Vice-Prefeito Jilson Pontes Canuto. Sua possível companheira de chapa, indicada pelo ex-prefeito Nilson Frota, deverá ser atual Secretária de Cultura Meire Frota (por enquanto apenas especulações !).
Por outro lado no bloco das oposições, já se tem como certa, sem guardar segredo,  a pré-candidatura do líder político Jacques Albuquerque. O Ex-prefeito  na semana passada se desfiliou do PSB e deverá ingressar provavelmente no PMDB, embora esta informação não seja oficial.
Entretanto, resta a indagação: E quanto à pré-candidatura do jovem Antônio José Albuquerque, a  qual foi bastante comentada  nos meios políticos em Massapê nos últimos meses? A primeira impresão que se tinha era que em face da oficialiização da pré-candidatura de Jacques Albuquerque , Antônio José estaria fora do páreo, até em razão de um arranjo natural. Ocorre que após analisar o   contato telefônico que ele manteve comigo no dia de ontem, pareceu-me não passar por perto dele a decisão de sair de cena. Ao contrário, tratou sobre algumas ações que serão implementadas nos próximos meses, embora não direcionadas a atividades políticas, mas que traduzem seu interesse em manter esse vínculo com Massapê. Indagado se realmente irá submeter seu nome como pré-candidato, Antônio José tergiversa ao dizer que vai esperar abril do próximo ano, mas nas entrelinhas deixa um recado claro que quer entrar na disputa.
Vem, portanto, o questionamento: A oposição comportaria dois candidatos? Eu, particularmente, não acredito. E por conhecer a habilidade política do Deputado Zezinho Albuquerque e do Ex-prefeito Jacques Albuquerque acredito que, no final, prevalecerá o bom senso de ambos e isso implica dizer que um só candidato marchará rumo à disputa. Até lá é natural que cada um deles monte sua plataforma e suas estratégias.Perguntado sobre essa situação, Antônio José Albuquerque prefere acreditar na unidade da oposição e arremata: "Não tenho dúvidas que na hora certa estaremos todos unidos."
Não posso me  esquecer também sobre a possibilidade do lançamento de uma candidatura  que represente a terceira via, capitaneada por esse movimento universitário que ganha corpo na juventude massapeense. 
Como vimos, muitos capítulos ainda serão inscritos nos próximos meses.

Comentários

  1. que bom jacques se jutase com antonio jose para ser força a mais o ex prefeito ja 04 ninquim acreditar em 2008 nós e eu achavamos ganhavos ja o antonio jose mostrar que não abrir para os pontes eles sim o atraço de massapè e antonio jode

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

HOMENAGEM ÀS MÃES: UM DOS MAIS BELOS TEXTOS QUE JÁ LI

Resolvi homenagear às mães com esse texto que considero uma das mais belas páginas já escritas pela inteligência humana. Neste azo, quero cumprimentar a minha adorável mãe Terezinha Albuquerque e à minha esposa e companheira de todas as horas Marlúcia, mãe do meu bem mais precioso.
Retrato de Mãe
Uma simples mulher existe que, pela imensidão de seu amor, tem um pouco de Deus; e pela constância de sua dedicação, tem muito de anjo; que, sendo moça, pensa como uma anciã e, sendo velha, age com as forças todas da juventude; quando ignorante, melhor que qualquer sábio desvenda os segredos da vida, e, quando sábia, assume a simplicidade das crianças; pobre, sabe enriquecer-se com a felicidade dos que ama, e, rica, empobrecer-se para que seu coração não sangre ferido pelos ingratos; forte, entretanto estremece ao choro de uma criancinha, e, fraca, entretanto se alteia com a bravura dos leões; viva, não lhe sabemos dar valor porque à sua sombra todas as dores se apagam, e, morta, tudo o que so…

DICA DE LIVRO: JESUS, O MAIOR LÍDER QUE JÁ EXISTIU, de Laurie Beth Jones

Sempre tenho falado da importância do exercício da liderança, tanto na vida profissional, como pessoal. Como fruto dessa necessidade indico o livro JESUS, O MAIOR LÍDER QUE JÁ EXISTIU, de Laurie Beth Jones (Editora Sextante). A autora é consultora de marketing e conferencista de renome nos Estados Unidos. O livro trata sobre os princípios de liderança de Jesus Cristo e como podem eles ser aplicados no trabalho, gerando crescimento, harmonia e realização. Numa abordagem espirituosa, a autora compara Jesus a um empresário que montou uma equipe de 12 pessoas que estava longe de serem perfeitas, mas conseguiu treiná-las e motivá-las para cumprirem sua missão com sucesso. Nesse contexto, o livro mostra um modelo de gestão baseado em três categorias de forças: autodomínio, ação e relações. Entre as frases geniais do livro, destaco: "Esperar o tempo perfeito é uma grande desculpa e uma racionalização para se ficar parado e não fazer nada." (pág. 44); "Os líderes que compartilha…

DICA DE LIVRO: AUTO DA BARCA DO INFERNO, de Gil Vicente

Ainda da Coleção Clássicos Saraiva, indico para leitura a obra "O AUTO DA BARCA DO INFERNO", do humanista português Gil Vicente. Inicialmente destaco que Gil Vicente é um importante autor da literatura portuguesa e foi o fundadador do teatro em Portugal. Situada no limiar entre a Idade Média e o Renascimento, no período que ficou conhecido como Humanismo, entre os séculos XV-XVI, a obra vicentina é um atestado exemplar dessa transição de costumes e valores. Tendo temática de base religiosa, seu teatro consegue harmonizá-la com elementos profanos. "O auto da barca do inferno" é a obra mais famosa de Gil Vicente e um clássico do teatro de língua portuguesa. Seu tema central são as personagens que, mortas, são conduzidas à barca que as levará ao Inferno ou Paraíso. As cenas retratam o diálogo jocoso que cada um dos pecadores trava com o Anjo e com o Diabo. São muitas os personagens sociais que fazem parte do drama: Frade, Sapateiro, Fidalgo, Alcoviteira, Enfocado e ou…