terça-feira, 23 de agosto de 2011

Até 2015 cigarros vão subir 55% por conta da carga tributária

"A Receita Federal informou [ontem] que o novo aumento da carga tributária de cigarros vai fazer com que os preços desses produtos sofram uma elevação de 55% até 2015. Segundo o decreto 7.555, publicado hoje no Diário Oficial da União, o peso dos tributos para os fabricantes vai passar dos atuais 60% para 72% (no caso do chamado regime especial de tributação) ou para 80% (no caso do regime geral).
Com a mudança, o governo espera um reforço na arrecadação do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) - principal tributo que incide sobre o setor - de R$ 4 bilhões nos próximos quatro anos. O total recolhido com IPI de cigarros subirá de R$ 3,7 bilhões em 2010 para R$ 7,8 bilhões em 2015.
O ganho de caixa vai ajudar a compensar as desonerações que foram feitas no programa Brasil Maior, que reúne medidas para proteger a indústria nacional dos importados."
(com o blog do Noblat)

Nenhum comentário:

Postar um comentário