Pular para o conteúdo principal

Aprovada em concurso público de Ubajara ganha na Justiça o direito de ser nomeada e empossada

A 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) confirmou a sentença que determinou a nomeação e a posse de M.P.A. como agente comunitário de Saúde da Prefeitura Municipal de Ubajara. A decisão, proferida nessa segunda-feira (25/07), teve como relator o desembargador Francisco Sales Neto.Segundo os autos, ela foi aprovada em 21º lugar do concurso público que oferecia 30 vagas para o referido cargo, conforme o edital nº 1/2007. O certame foi homologado em 2 de julho daquele ano.Ao procurar informações sobre a data da convocação, a candidata sempre obtinha como resposta que não havia previsão. Ocorre que o concurso expirou no dia 2 de julho de 2009, uma vez que o prefeito Ari de Oliveira Vasconcelos não prorrogou o prazo de validade.Por esse motivo, ela ajuizou ação de mandado de segurança, com pedido liminar, contra o ato do prefeito. Requereu “o direito de tomar posse e entrar em exercício, no prazo de 48 horas”. Alegou que foi aprovada dentro do número de vagas ofertadas.

Em agosto de 2009, o juiz Fábio Medeiros Falcão de Andrade, da Vara Única da Comarca de Ubajara, concedeu a liminar. Embora tenha sido notificado, o Município não apresentou contestação.Depois da decisão de 1º Grau, o gestor nomeou a candidata, mas a colocou em disponibilidade funcional, conforme atesta a Portaria nº 206/2009.No mês de novembro do mesmo ano, o magistrado julgou a ação e confirmou a liminar. “O Município está obrigado a atender às regras estabelecidas no edital, sob pena de tornar a sua omissão ou comissão regular, ilegal”, explicou.Por se tratar de matéria sujeita ao duplo grau de jurisdição, os autos (nº 842-80.2009.8.06.0176/1) foram remetidos ao TJCE, para reexame necessário.Ao relatar o processo, o desembargador Francisco Sales Neto destacou que “mostra-se clara a afronta do direito da impetrante, de ser nomeada, frente o fim do prazo de validade do certame, uma vez que a autoridade impetrada deixou de nomear a candidata aprovada dentro do número de vagas”. Acompanhando o voto, a 1ª Câmara Cível manteve a sentença proferida pelo juiz

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

DESEMBARGADOR PAULO ALBUQUERQUE É DESTAQUE NO JUDICIÁRIO CEARENSE

O Presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Ceará, Des. Francisco Glaydson Pontes, nomeou o massapeense, Desembargador Paulo Albuquerque, como membro efetivo da Comissão de Regimento, Legislação e Jurisprudência da Egrégia Corte de Justiça do nosso Estado. Apesar do pouco tempo no exercício da magistratura do 2º Grau, o massapeense Paulo Albuquerque vem sendo reconhecido pelos seus pares como um magistrado dotado de probidade, talento e capacidade de gestão. A produtividade de seu gabinete é destaque na justiça cearense. PARABÉNS !!!

HOMENAGEM ÀS MÃES: UM DOS MAIS BELOS TEXTOS QUE JÁ LI

Resolvi homenagear às mães com esse texto que considero uma das mais belas páginas já escritas pela inteligência humana. Neste azo, quero cumprimentar a minha adorável mãe Terezinha Albuquerque e à minha esposa e companheira de todas as horas Marlúcia, mãe do meu bem mais precioso.
Retrato de Mãe
Uma simples mulher existe que, pela imensidão de seu amor, tem um pouco de Deus; e pela constância de sua dedicação, tem muito de anjo; que, sendo moça, pensa como uma anciã e, sendo velha, age com as forças todas da juventude; quando ignorante, melhor que qualquer sábio desvenda os segredos da vida, e, quando sábia, assume a simplicidade das crianças; pobre, sabe enriquecer-se com a felicidade dos que ama, e, rica, empobrecer-se para que seu coração não sangre ferido pelos ingratos; forte, entretanto estremece ao choro de uma criancinha, e, fraca, entretanto se alteia com a bravura dos leões; viva, não lhe sabemos dar valor porque à sua sombra todas as dores se apagam, e, morta, tudo o que so…

CANALHICE DO SISTEMA POLÍTICO: OTÁRIO É O POVO BRASILEIRO!