sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

Conselho da Petrobras elege nova diretoria da empresa nesta sexta

O Conselho de Administração da Petrobras se reúne nesta sexta-feira (5), em São Paulo, para eleger a nova diretoria da companhia, após a renúncia coletiva de Graça Foster e mais 5 diretores. A grande expectativa é em relação ao anúncio do nome do novo presidente da petroleira. Segundo o representante dos funcionários no conselho, Silvio Sinedino, o início da reunião está previsto para as 9h.
Tradicionalmente, a escolha do executivo nº 1 da companhia é definida pelo governo federal, uma vez que este é o acionista majoritário da Petrobras e controla 7 dos 10 assentos no Conselho.
O prazo apertado de apenas 48h e a situação conturbada que vive a empresa no momento, entretanto, sem ainda ter conseguido divulgar um balanço auditado do 3º trimestre de 2014, podem ter dificultado o processo de definição do sucessor de Graça Foster.
Com pouco tempo para decidir, a presidente Dilma Roussef deve se concentrar num nome em que tenha confiança.
Na lista de apostas apareciam os nomes Murilo Ferreira (atual presidente da Vale), Luciano Coutinho (presidente do BNDES e integrante do conselho da Petrobras), Rodolfo Landim (ex-diretor da Petrobras e ex-presidente da OGX), Roger Agnelli (ex-presidente da Vale), Henrique Meirelles (ex-presidente do Banco Central) e Eduarda La Rocque (ex-secretária da Fazenda do município do Rio de Janeiro).
A saída de Graça e dos diretores Almir Guilherme Barbassa (diretor financeiro e de relacionamento com investidores), José Miranda Formigli (diretor de exploração e produção), José Carlos Cosenza (diretor de Abastecimento), José Alcides Santoro (diretor de gás e energia) e José Antônio de Figueiredo (diretor de engenharia, tecnologia e materiais) foi comunicada pela empresa ao mercado na quarta-feira (4) e terá efeito a partir desta sexta-feira.
(Agência de Notícias)

Nenhum comentário:

Postar um comentário