segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Zezinho Albuquerque dispara na frente, Izolda Cela surge em segundo


O governador Cid Gomes (PROS) insiste em não alterar sua agenda política, que tem como prioridade a conclusão de mais de 500 obras no Estado até o final de 2014.
A decisão condena o debate eleitoral a ficar para abril ou maio do ano que vem. Enquanto isso, Cid aguarda a oposição elencar seus nome e oficializar suas disputas.
No entanto, o governador já sinalizou que o PROS pretende indicar candidato à sucessão estadual. A discussão não foi encerrada, mas dentro do partido alguns nomes ganham musculatura para disputar o Abolição.
José Albuquerque, Izolda Cela, Domingos Filho, Roberto Cláudio, Leônidas Cristino e Mauro Filho são apontados como possíveis herdeiros do Executivo estadual.
O presidente da Assembleia Legislativa, por exemplo, é a bola da vez. Os lances em sua direção traduzem gestos do próprio governador Cid. A presença de Zezinho Albuquerque ao lado de Cid é costumeira.
O último episódio teve registro durante o jantar de apresentação do PROS, realizado na última sexta-feira (8), no Clube dos Diários.
Na ocasião, os dois foram de mesa em mesa dos convidados juntos. O esforço do parlamentar de se popularizar tem sido notado há alguns meses. Na maioria dos eventos públicos comandados por Cid, Zezinho está ao lado, sempre sorridente.
Mesmo em evidência, durante o evento, Cid voltou a se esquivar sobre o nome do candidato ao Abolição nas eleições 2014. “O candidato ao Governo só será revelado em abril ou maio do ano que vem e poderá ser de qualquer partido aliado”, garantiu.
Também recentemente, nas cidades de Quixadá e Quixeramobim, durante inauguração de uma Policlínica e de um Centro de Especialidades Odontológicas para atender às cidades do Sertão Central.
O governador chegou a sinalizar, através de seu discurso, que já tem favorito à sua sucessão: “Iremos andar por todo o Ceará, e o Ceará ouvirá falar muito de nossas andanças”.
Com a frase, o titular do Abolição demonstrou seu empenho em divulgar a imagem do apadrinhado pelo Estado, demonstrando, assim, a vantagem do presidente da AL sobre os demais virtuais candidatos ao governo do Ceará.
Fonte: Aqui CE.

Nenhum comentário:

Postar um comentário