segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Tasso Jereissati: Governo não pode servir para “enaltecimento pessoal”

“Tínhamos a visão de que não éramos dono do Estado e que era um período de transição, no qual iríamos projetar o Governo não para o momento, não para nossa glória pessoal ou qualquer tipo de enaltecimento pessoal”.
Eis ai um trecho do discurso de agradecimento feito pelo ex-senador Tasso Jereissati, ao ser homenageado pela Cooperativa da Construção Civil do Ceará (Coopercon), na última sexta-feira, no La Maison Coliseu. Ele falou para 1.400 convidados de vários matizes.
Tasso Jereissati fez uma análise do Projeto de Mudanças e seus pilares. A fala, considerada pela plateia,  elegante também enalteceu o papel do contraditório, ao considerar que “sem democracia não há desenvolvimento”. O ex-senador também falou da necessidade de cidadania, com a garantia dos direitos básicos dos cidadãos, a partir da prestação de serviços pelo poder público.
Bom lembrar que essa fala de Jereissati ocorre no momento em que houve reação da parte do governador Cid Gomes (PROS) à propaganda do PSDB na tevê, onde o ex-senador cobrava respeito ao Ceará.  Cid chegou a desafiar para comparações de suas obras com as obras realizadas pelo projeto mudancista. 
(Com Eliomar de LIma)

Nenhum comentário:

Postar um comentário