terça-feira, 8 de outubro de 2013

Coreaú trabalha combate às drogas na base: a Escola



Em recente visita a Fortaleza, a prefeita de Coreaú, Érika Frota Cristino, esteve reunida com gestores da Secretaria de Segurança Pública e Cidadania e Secretaria da Justiça para traçar ações que possam minimizar a violência no município, que apesar do histórico pacato e ordeiro, aos poucos vai sendo invadido silenciosamente principalmente pelas drogas.

Como parte destas ações, nessa semana o município está recebendo a visita de educadores ligados a Divisão de Proteção ao Estudante - DIPRE, órgão ligado a Policia Civil do Estado do Ceará, que percorrerão as escolas das redes municipal e estadual, fazendo um trabalho de educar e instruir os jovens estudantes a combater a violência e o uso indevido de drogas.

Para marcar o trabalho que será desenvolvido ao logo de toda esta semana, a Prefeitura de Coreaú promoveu uma solenidade na manhã desta segunda-feira (7), no auditório da Câmara Municipal, envolvendo representantes de várias secretárias, escolas e membros da sociedade civil para conhecerem o programa a ser repassado aos jovens.
Fonte: Sobral em Revista

Um comentário:

  1. Louvável ! A questão envolve toda a sociedade e extrapola a dimensão do drama familiar. A prevenção, informação e sensibilização para os efeitos destrutivos da drogas,como, por exemplo, o crack,não podem ser suficientes para quebrar uma estrutura que envolve o papel dos órgãos da Segurança Pública na repressão ao seu comércio e à Saúde Pública no tratamento dos seus dependentes. Destarte, O PACTO PELA VIDA contempla um Plano de Ações Integradas para o Enfrentamento aos Problemas das Drogas ( prevenção , tratamento , repressão ao tráfico e reinserção social ). R

    ResponderExcluir