quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Adesão de Marina compremete união do PSB com PSDB


No entanto, o casamento político da ex-senadora Marina Silva com o presidenciável socialista ameaça agora o acordo nacional com os tucanos, afetando os palanques duplos que seriam montados nesses dez cenários. O líder do PSB na Câmara, deputado Beto Albuquerque (RS ), declarou que a adesão de Marina dita um novo ritmo as articulações estaduais. “Tudo merece ser reexaminado diante desse fato novo, que coloca em revisão todos os acordos e pré-acordos. Vamos afinar a viola, teremos de dar uma revisada em estados que se podia negociar com o PSDB ”.
No Ceará, o ex-senador Tasso Jereissati (PSDB ) era apontado como nome ideal para sustentar o acordo entre tucanos e socialistas, mas, agora, o PSB de Campos ameaça mudar essa correlação de forças no Estado. "Mudou tudo. Nós éramos um partido imprensado. Não somos mais", disse o governador a interlocutores.
Ainda nesta semana, Marina e Campos se reunirão para desenhar o mapa nacional de alianças e definir onde haverá revisão de acordos com outros partidos. Por ora, só se sabe que a surpreendente união entre Eduardo e Marina conseguiu produzir seu primeiro efeito colateral: deixou mais caro o apoio do PSB aos pretensos parceiros.
Com Aqui Ce

Nenhum comentário:

Postar um comentário