terça-feira, 4 de outubro de 2011

Reunião entre governo e professores termina sem novidades

"A reunião entre o Governo do Ceará e os professores da rede estadual de ensino, em greve há 61 dias, terminou sem significativas novidades. O chefe de gabinete do governador, Ivo Gomes, e a secretária de Educação, Izolda Cela, receberam uma comissão de oito professores no Palácio Abolição, às 11h, mas apesar do diálogo, o impasse permanece.
Os manifestantes expuseram novamente as reivindicações do movimento grevista e os representantes do poder Executivo relembraram a postura do governador Cid Gomes. Atender ao pedido da classe proporcionaria um crescimento de 170% nas despesas da folha de pagamento. Um dos poucos pontos de avanço, segundo a comissão, foi a garantia de não entrar com retaliação contra professores.
Nesta quarta-feira (5), às 9h, professores e Governo voltam a dialogar, desta vez com participação da Promotoria de Defesa da Educação do Ministério Público Estadual e da Comissão de Educação da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-CE), em Fortaleza. Segundo Laura Lobato, integrante da comissão recebida no Palácio da Abolição, "há uma luz no fim do túnel". A professora, que chegou a fazer greve de fome ao lado de José Cláudio e Clésio Mendes, acredita que a reunião de amanhã deve ajudar nas negociações.
Até sexta-feira (7), quando a categoria volta a se reunir em assembleia geral, a greve será mantida, mas o presidente da Apeoc, Anízio Melo, afirma que retomado do diálogo pode ser determinante para o fim da paralisação."
Fonte: Ceará Agora

Nenhum comentário:

Postar um comentário