segunda-feira, 19 de setembro de 2011

PT lamenta atitude de Ciro, mas insiste em manter aliança com Cid Gomes

"As declarações do ex-deputado federal Ciro Gomes, na última sexta-feira (16), quando pontuou as falhas administrativas da prefeita Luizianne Lins, não foram bem recebidas pela cúpula do PT cearense. Apesar de tecer elogios à capacidade política da petista, o irmão do governador Cid Gomes fez questão de citar, uma a uma, as supostas falhas de Luizianne.
As críticas de Ciro serviram como um balde de água fria na aliança entre os dois partidos. Preocupados em manter o acordo com o PSB, caciques do PT preferiram deixar a poeira baixar e seguir em frente com a coligação. Aliados afirmam que a vontade da prefeita era dar uma resposta ao ex-ministro da Integração Nacional, mas os alfinetes foram guardados.
O desentendimento provocado por Ciro, em entrevista à TV Cidade, surgiu no dia seguinte à reunião de Luizianne e José Guimarães com o presidente nacional do partido, Rui Falcão. A lista de cinco pré-candidatos foi apresentada, com Waldemir Catanho, Artur Bruno, Acrísio Sena, Camilo Santana e Elmano Freitas. Porta-voz da presidente Dilma Rousseff no encontro, Falcão defendeu a escolha de um nome de consenso entre a prefeita e o governador Cid Gomes.
Mais rugas na aliança poderiam alavancar a candidatura de um dos principais quadros do PSB cearense, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Roberto Cláudio. Mas, por enquanto, o assunto é tratado em baixo tom no partido."
(com o Ceará Agora)

Nenhum comentário:

Postar um comentário