domingo, 18 de setembro de 2011

ALERTA MÁXIMA: Consumo de crack entre jovens e adultos preocupa população de Sobral

"O consumo de drogas no interior do Estado preocupa autoridades e moradores de municípios cearenses. Apesar do trabalho realizado por entidades de classe, centros de assistência social e o controle das autoridades policiais, Jovens de todas as classes sociais têm procurado a cada dia o refúgio dos entorpecentes e alimentado o tráfico diariamente.
"Crianças, jovens e adultos estão virando mendigos de rua em Sobral, num pequeno passeio pelo centro da cidade é possível vê dezenas deles, dormindo nos bancos de praças e prédios abandonadas. O crack, está destruindo famílias inteiras em nossa região e parece não haver planejamento político para o controle da situação", destaca Wellington Macedo (foto), do Instituto Filadélfia.
Especialistas e responsáveis por casas de recuperação na cidade alertam que, apesar da dificuldade da falta de recursos e apoio, é possível ajudar e tentar tirar os jovens dessa situação.
Para o Pastor Eziel Santiago, aqueles que seguem o tratamento até o final no cumprimento das normas da instituição encontram o caminho da libertação. "Nós acatamos as orientações da medicina, mas não podemos deixar de lado a fé, nesse caso, os dois precisam caminhar juntos, fé e razão, desta forma com certeza os resultados são favoráveis. As autoridades deveriam olhar com mais carinho, com mais amor, para o sofrimento dessas famílias que estão sem ter a quem recorrer. Se esta geração está assim, imagina a futura. Como não será?". Afirma Santiago. (foto)

Seminário
Com objetivo de debater a problemática em Sobral e municípios vizinhos,  o Instituto Filadelfia organiza no próximo dia 23 de setembro o 1º Seminário Regional de Enfrentamento ao Crack, com apoio da Associação Brasileira de Apoio aos Dependentes Químicos (ABRADEQ), no Centro de Convenções de Sobral.
Durante o seminário será apresenado o documentário "A Epidemia do Crack em Sobral", seguido da peça Lifehouse e a palestra com o Psicólogo Osmar Diógenes, coordenador do Instituto Volta Vida e especialista em drogadição."
(com Ceará Agora)

Nenhum comentário:

Postar um comentário